• PT
  • EN

2019: Início da uma nova caminhada!

Ao escrever essas linhas para este editorial da Revista da SET, na véspera do Carnaval de 2019, verifico que, apesar de participar da vida da SET há pelo menos duas décadas, tenho a honra agora de me dirigir ao leitor como presidente da entidade.
Meu profundo sentimento de gratidão a todos os meus colegas da SET – associados e membros da diretoria – por delegarem a mim esta tarefa pelos próximos dois anos.
Em especial, agradeço à nossa presidente Liliana Nakonechnyj. Em seu último editorial para esta revista, ela assim se manifestou: “desejo ao Carlos Fini e ao novo Conselho aquela parcela de sorte que costuma brindar os que trabalham com competência e afinco”.
Só posso dizer que já começo as novas atribuições com essa parcela sorte, pois a recebo como legado. Foram a competência e o afinco de Liliana, dedicados à SET no biênio 2017-2018, que permitem agora a continuidade deste trabalho com uma estrutura muito mais robusta, organizada e focada nas exigentes mudanças do mercado de radiodifusão atual. Assim, saber que ela foi a nossa antecessora é um grande alívio e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade. Também menciono o incansável trabalho da nossa diretoria executiva, representada por Olímpio José Franco e José Munhoz que, à frente do pequeno e valoroso staff da SET, concretizam as nossas ideias e projetos.
No dia 16 de fevereiro, fizemos a nossa primeira reunião dos Conselhos Deliberativo, Fiscal e de ex-Presidentes, já na nova governança aprovada em estatuto.
Aproveito assim para dar as boas-vindas aos meus colegas conselheiros (veja a lista completa na última página desta edição) que têm agora a tarefa de fazer com que a SET seja o centro das discussões e o farol, como colocou o nosso conselheiro Raimundo Lima, onde as soluções são antecipadas.
Em especial, minhas boas-vindas ao vice-presidente, Cláudio Younis, que continuará a colaborar com a realização do mais importante evento de tecnologia da indústria audiovisual da América Latina: o SET EXPO. No momento em que escrevo, se mostra promissor e já está com mais de 65% de todo o espaço de feira comercializado, acima do que foi registrado no mesmo período do ano passado. Na reunião, também foram indicados os nomes dos coordenadores de Comitês de Trabalho e os novos representantes das diretorias regionais, e fico feliz em anunciar que todos aceitaram os desafios propostos.
O próximo passo para esses coordenadores será mobilizar e modelar os Grupos de Trabalho, que serão apresentados e discutidos na próxima reunião do Conselho Deliberativo, em maio.
A agenda de eventos da SET, incluindo os Seminários Regionais, já está publicada no nosso site e pode ser consultada a qualquer momento. No início do mês de abril, estaremos em Las Vegas para o NAB Show e realizaremos o nosso encontro SET e Trinta.
Este ano, o evento terá um painel especial que contará com a participação do Projeto UHD Brasil e do Ultra HD Forum, entidade global. Para nós, esta é uma oportunidade única de produzir um debate de altíssimo nível sobre a próxima geração de TV.
Também já começamos a produzir o SET Sudeste que, este ano, será realizado em Belo Horizonte, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). O seminário acontecerá em maio e aproveito para convidar todos os colegas mineiros para estarem presentes.
No dia 21 de fevereiro, estivemos em Brasília para o I Fórum Nacional da Radiodifusão, a convite do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC). Foi um evento que reuniu mais de 650 participantes, no qual a SET teve uma participação de destaque, com vários conselheiros como palestrantes, tais como Roberto Franco, Raymundo Barros e Fernando Bittencourt. Fiz uma apresentação sobre o trabalho da SET e sobre a evolução da tecnologia de TV.
Foi um encontro muito produtivo, que permitiu ao novo ministro Marcos Pontes e ao novo secretário da Radiodifusão Elifas Gurgel conhecer os principais representantes do setor e também entender os desafios no momento.
Destaco as participações da Abratel e da Abert que apontaram com bastante precisão a necessidade de um novo marco regulatório para as novas empresas de mídia digital, em especial as redes sociais.
Novo rumo
A SET é o maior fórum brasileiro de discussão sobre tecnologias de mídia. Sua relevância, reconhecida internacionalmente, foi construída ao longo de 30 anos de trabalho ininterrupto. Esse esforço ajudou a consolidar a radiodifusão brasileira como uma das mais importantes do mundo.
Para manter esta relevância pelos próximos anos, a SET traçou um novo rumo com a aprovação de seu novo estatuto no ano passado. Assim, de um lado, com uma estrutura mais enxuta, a nossa entidade busca responder com mais agilidade às demandas do atual momento disruptivo da indústria em que atuamos, ao mesmo tempo que abarca as novas tendências.
O setor da radiodifusão passa por profundas mudanças, no qual a convergência digital, as ferramentas de engajamento e a necessidade de novas formas de monetização estão diretamente ligadas ao desenvolvimento de soluções tecnológicas de grande impacto, como automação, machine learning, inteligência artificial e internet das coisas.
É na convergência de ideias, na multiplicidade e na qualidade de seus conteúdos e na discussão ampla, integrada e indispensável que a SET exerce seu mais importante papel.
Assim, para cumprir esta missão, de um lado, a SET precisa continuar a ter uma gestão cada vez mais profissional e a manter uma boa saúde financeira e, de outro, aglutinar e influenciar todos os que estão à frente deste mercado. Iniciamos nossa gestão com esses propósitos em mente.

Sejam todos bem-vindos. Abraços,

Carlos Fini
Presidente da SET