• PT
  • EN

Pebble Beach Systems acredita que a migração para o IP é inevitável

Em entrevista, Peter Mayhead, CEO da Pebble Beach Systems, afirma que o IP traz enormes vantagens para a cadeia produtiva do audiovisual

Peter Mayhead, CEO da Pebble Beach Systems, afirmou à Revista da SET que a empresa já ajudou “com sucesso muitos broadcasters em todo o mundo na transição de seus sistemas legados e EOL para nossa solução de playout Marina. Nossa abordagem controlada e a estrutura de plugin garantem uma transição perfeita, sem estresse, sem concessões, e sem a necessidade de uma data limite. Com Marina, a capacidade de criar uma cadeia de playout híbrida e sincronizada com qualquer combinação de hardware e software (incluindo nossa própria tecnologia de canal integrado) deu aos nossos clientes a flexibilidade de fazer a transição de qualquer parte de sua cadeia de playout em um ritmo adaptado às suas necessidades operacionais e cronograma”.

O executivo afirma que Pebble, acreditamos firmemente nas vantagens da tecnologia IP em toda a cadeia de produção de mídia. Mas acreditamos que a única maneira de conseguir isso é através do uso de protocolos padronizados. A interoperabilidade é a principal preocupação citada por todos os profissionais, e só é possível alcançar uma verdadeira interoperabilidade por meio do uso de padrões”.

De todas formas, a companhia acredita que “como “ninguém é uma ilha” quando se trata de infraestrutura de playout, trabalhamos em conjunto com parceiros confiáveis para ajudar no desenvolvimento de novos padrões e para demonstrar interoperabilidade com os padrões SMPTE 2022-6/7, SMPTE 2110, IS-07 e NDI em uma cadeia de playout”.

Para ele, o mais importante é que entendemos que os fluxos de trabalho e a infraestrutura de IP podem estar muito longe para alguns broadcasters, mas qualquer investimento feito hoje deveria oferecer um caminho sem problemas para o futuro”, finaliza.

Por Fernando Moura, em São Paulo