• PT
  • EN

Grupo Jovem Pan anuncia chegada ao mercado dos esportes eletrônicos

Grupo se une à BBL, holding brasileira de entretenimento, e promete projetos especiais para os próximos meses

A Jovem Pan, presente em mais de 2 mil cidades através de sua rede de afiliados, anunciou que se encontra num momento único: de Transformação Digital. Já produz mais de 12 horas diárias de conteúdo em áudio e vídeo transmitidos através de sua multiplataforma e “se consolida cada vez mais como uma grande produtora de conteúdo news, esportes e entretenimento”.

Agora, anuncia sua chegada ao mercado dos esportes eletrônicos através da sua união com a BBL (Bad Boy Leeroy), holding brasileira de entretenimento e referência nas áreas de produção de conteúdo, organização de eventos e soluções de broadcast para os eSports. “A sociedade amplia ainda mais o escopo estratégico de conteúdo da Jovem Pan, e passa a ser o mais novo Pilar de Conteúdo da empresa, que promete investimento em projetos especiais no setor de esportes eletrônicos”, afirma a empresa em comunicado.

“Os esportes eletrônicos são a bola da vez! Torneios e ligas cada vez mais envolventes, reality shows, novas estrelas, novas histórias e, através dessa união, queremos ajudar a contar todas elas. Vemos muito “fit” com o nosso universo da música, do esporte e do entretenimento e vamos trabalhar muito para unir cada vez mais os dois mercados. Nos aprofundamos no setor e decidimos que queríamos entrar com os melhores. Por isso, muito mais do que somente trabalhar em novos projetos, veio a vontade de realmente fazer parte deste universo nos tornando sócios da BBL. Juntos iremos revolucionar a maneira como o público assiste e experimenta os eSports”, comemora Tutinha Carvalho, presidente do Grupo Jovem Pan.

“A chegada de um grupo de comunicação brasileiro tão importante como a Jovem Pan à BBL é a certificação de que estamos no caminho certo e juntos estamos dando um enorme passo a favor da comunidade gamer brasileira. Este é um mercado que não para de crescer e por isso têm chamado muita atenção das empresas não endêmicas. Por isso, para nós, é um privilégio receber a confiança e incentivo de uma das emissoras mais populares no Brasil”, comenta Leo De Biase, Partner & Owner da BBL e CEO da ESL Brasil.

“A oportunidade de poder unir em um só grupo grandes nomes dos mercados de eSports, publicidade e comunicação do Brasil é imperdível e acredito que será um grande avanço para toda a comunidade de eSports brasileira, e, porque não, mundial. Com a chegada da Jovem Pan, poderemos investir ainda mais em conteúdo de qualidade neste segmento”, diz Nando Cohen, Partner & Owner da BBL.

Novidades para a comunidade gamer

As novidades começam com a criação do Prêmio da Indústria dos eSports, edição especial do Fórum Mitos & Fatos sobre os esportes eletrônicos, um programa de rádio e outro de youtube direto dos estúdios da BBL.

Ainda, informou a empresa, “a Jovem Pan será a parceira de mídia oficial de todos os campeonatos produzidos pela ESL Brasil no país, e também parceira de mídia do Game Shakers”.

“Como sócia da Bad Boy Leeroy, a Jovem Pan chega para reforçar o compromisso do Grupo com os eSports e consolidar a holding como a one-stop shop do mercado, concentrando a comunicação entre os diversos núcleos que compõem o universo gamer, como as ligas e torneios, canais de conteúdo, eventos, influenciadores e marcas”, reforça o Grupo.

“O Grupo Jovem Pan viu uma ótima oportunidade de investimento no sucesso do setor de games que cresce, em média, 7,3% ao ano e faturou mais de R$ 1,3 bilhão no Brasil em 2017, de acordo com o Ministério da Cultura,” destacou Roberto Araújo, CEO do Grupo Jovem Pan.