• PT
  • EN

Closed captioning para programas ao vivo

O Brasil é referência para outros mercados-chave afirmam os executivos da VoiceInteraction

A VoiceInteraction Brasil “alcançou mais um marco histórico: 100 emissoras clientes no Brasil e países da América Latina utilizam hoje o Audimus.Media para fazer closed captioning dos seus programas ao vivo”, afirmam os executivos da empresa.

O Audimus.media cumpre com as regulações de acessibilidade para transmissão de programas de TV e internet ao vivo, traz atualização automática de vocabulário, reconhecimento da fala de qualquer orador, e níveis de precisão excepcionais, afirmaram os executivos da empresa portuguesa à Revista da SET

Daniel Fernandes, supervisor da R&D da TV Tem, afirma que “a Voiceinteraction surpreendeu muito com o Audimus.Media porque faz o que promete. estamos muito satisfeitos com o sistema e com o suporte dado pela empresa”.

A VoiceInteraction começou o ano em boa forma, afirma em comunicado, com novas adições ao seu portfólio de clientes: TV Gazeta, TVB Campinas, TVB Litoral, TV Anhanguera, TV Cidade Verde de Cuiabá e NSC TV. “Só no Brasil, a empresa já conta com mais de 150 emissoras de TV a utilizarem o seu software de closed captioning automático. O mesmo se tem vindo a verificar nos Estados Unidos, com um conjunto de novas emissoras a adotar o Audimus.Media: WBBH, WZVN, KATC e a TVC TV”.

A empresa afirma, ainda, que a solução MMS Edição Broadcast está sendo testada em várias emissoras em São Paulo e outras regiões. “Este sistema permite fazer monitoramento e controlo de qualidade sobre arquivos de mídia, e garante cumprimento com as regulamentações legais sobre gravação e comprovação de arquivos de mídia”.

Por Fernando Moura