• PT
  • EN

Ancine anuncia desburocratização de alguns processos até fim de 2018

PayTV Fórum analisa os primeiros meses da nova gestão da ANCINE e como a Agência reguladora do setor audiovisual enxerga o VoD, desregulamentação setorial, o mercado de produção para TV por assinatura e as perspectivas de atuação da agência

Christian de Castro, diretor-presidente da ANCINE

O diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, afirmou no PayTV Fórum, que o marco regulatório da Ancine é, em alguns aspectos, barroco e por isso desde a sua chegada a Agência, está trabalhando para simplificar os marcos regulatórios. “Há um excesso de regulação, inclusive com sobre-regulação. Estamos mapeando as Instruções Normativas e os marcos regulatórios, sobretudo aquelas que tratam da relação da ANCINE com os regulados”, explicou.

Castro afirmou que a simplificação dos processos começará a ser vista pelos produtores no último trimestre do ano, e irá a “diminuir a burocracia e tornará o relacionamento mais direto com os produtores”.

Na conversa realizada em São Paulo, o executivo disse que a Agência está trabalhando com servidores de Inteligência Artificial (AI) que poderão começar a processar informação e trabalhar pensando no futuro e prospectando iniciativas, “uma situação que começara a ser vista com maior clareza no último trimestre de 2018”, finalizou.

Por Fernando Moura, em São Paulo