SET EXPO 2018

30º Congresso de Tecnologia

Terça-Feira – 28/08/2018

SALA  13 SALA 12 SALA  15 SALA  16
9h – 11h
Cerimônia de Abertura
Liliana Nakonechnyj
11h30  – 13h
Hot Session
O Futuro da TV: Novos Modelos de Negócios
Raymundo Barros
Produção de Conteúdo
Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast
Celso Araújo
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Segurança da Informação, Privacidade dos Dados, Blockchain, Gestão de Riscos e Ameaças Digitais
Emerson Weirich
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Software Livre
Daniel Monteiro

INTERVALO

14h – 15h30
Hot Session
TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!
Fernando Ferreira
Tecnologia e Negócios
Parcerias de Sucesso na Era Multiplataforma: TV, ANCINE e Produtoras
Maurício Donato
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Plataformas de Contribuição: o que usar? Fibra, Micro-ondas , Satélite, 4G / Internet
Caio Klein
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Startups do Audiovisual – Empreendedorismo e Inovações
José Carlos Aronchi
16h – 17h30
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Inteligência Artificial / Plataformas Cognitivas / Data Analytics
Hugo Nascimento
Tecnologia e Negócios
Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow
Almir Almas
Regulatório e Normatização
Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento
Tereza Mondino
Tecnologia e Negócios
Startups: Aceleradoras de Sucesso
José Dias
17h30 – 19h
SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual
Edson Mackeenzy

Terça-Feira – 28/08/2018

Horário Palestras
Horário Palestra

9h - 11h

| Sala 13

Cerimônia de Abertura

 

Liliana Nakonechnyj – Presidente da SET

Liliana Nakonechnyj é presidente da SET (Biênio 2017-2018). Engenheira de telecomunicações, dedicou grande parte de sua vida profissional à implantação de sistemas de distribuição de sinais de televisão em estações de transmissão terrestre, sistemas de contribuição e distribuição por rádio, satélite e fibra ótica. Também foi, por muitos anos, responsável pelo apoio de engenharia às emissoras afiliadas da Rede Globo. Liderou estudos e testes para a introdução da televisão digital no Brasil entre 1994 e 2006 e, posteriormente, demonstrações e testes de UHDTV. Representa a SET no IBC Council.

 

Keynote Speaker: Marcelo Porto - Vice-presidente de IBM Cloud para América Latina

Marcelo Porto foi nomeado vice-presidente da IBM Cloud para a América Latina em janeiro de 2018, depois de ter ocupado a presidência da IBM Brasil por três anos. Porto ocupou vários cargos de liderança em seus mais de 30 anos na IBM. Em 2012, passou um ano na sede global da IBM em Armonk, Nova York, apoiando a Chairman e CEO Ginni Rometty no desenvolvimento de projetos com clientes de todo o mundo. Ele já liderou a divisão de vendas da IBM Brasil, responsável pela cobertura de clientes de várias indústrias em todas as regiões do país; foi vice-presidente de software para a IBM Brasil; diretor de serviços para pequenas e médias empresas na organização da América Latina e diretor de marketing. Porto é graduado em Análise de Sistemas pela PUC do Rio de Janeiro.

11h30 - 13h

Hot Session | Sala 13

O Futuro da TV: Novos Modelos de Negócios

Raymundo Barros

A TV do Futuro: Novos Modelos de Negócios

A indústria do audiovisual vem desenvolvendo ferramentas para propiciar experiências mais imersivas com mais resolução, contraste e espaço de cor ampliado. Contudo, a oferta de valor da TV do Futuro vai muito além dos atributos de qualidade.

A construção da TV do Futuro passa pela digitalização da experiência do telespectador e dos modelos de negócio. Esse painel vai discutir esses novos modelos de negócio, quais são os desafios para fazer uma oferta ampliada de conteúdo, que elementos de tecnologia podem assegurar uma experiência integrada de consumo broadcast e broadband.

Moderador: Raymundo Barros – Diretor de Tecnologia da Rede Globo

Raymundo Barros é Engenheiro Eletrônico formado pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco. Possui MBA pelo IBMEC/SP e Pós-graduação em redes e sistemas de telecomunicações pelo Inatel. Iniciou sua carreira na empresa como estagiário, na Globo Nordeste. Foi Gerente de Engenharia na TV Globo Juiz de Fora (atualmente TV Panorama afiliada da TV Globo em Juiz de Fora), Diretor de Engenharia da Globo Nordeste e Diretor de Engenharia da Globo São Paulo, onde participou do projeto de implementação da nova emissora na Berrini e da implantação da TV Digital em São Paulo. Em 2011, migrou para a Direção de Engenharia para o Entretenimento, onde liderou projetos de engenharia para as novelas, seriados e programas de variedades. Em 2014, Raymundo Barros assumiu a Direção de Tecnologia da Globo.

Três principais temas de P & D e suas tecnologias para a TV do futuro

Os recentes avanços na Internet e nos sistemas de comunicação móvel estão mudando drasticamente nossos hábitos de consumo de mídia, o que trás um tremendo impacto na radiodifusão tradicional.
Mantendo a radiodifusão como sua base, a NHK está expandindo o uso da Internet para trazer o jornalismo de maneira rápida e confiável, e também uma ampla gama de programas de alta qualidade para o maior número possível de pessoas. Para o futuro da radiodifusão, a NHK Science & Technology Research Laboratories (STRL) está pesquisando e desenvolvendo três  temas prioritários: “Reality Imaging”, “Connected media” e “Smart production”. Esta apresentação abordará esses temas juntamente com os desafios técnicos.

Palestrante: Masayuki Takada - Head of Advanced Transmission Systems Research Division of NHK STRL.

Masayuki Takada recebeu o B.E. em engenharia de comunicação e M.E. em engenharia eletrônica da Tohoku University, Sendai, Japão, em 1986 e 1988, respectivamente. Ele ingressou na NHK, Tóquio, Japão, em 1988 e trabalhou nos Laboratórios de Pesquisa em Ciência e Tecnologia (NHK STRL). Esteve envolvido no desenvolvimento de sistemas de transmissão, especialmente sistemas de subportadora FM, sistemas de transmissão de televisão digital terrestre (DTTB), o sistema ISDB-T de próxima geração e transmissão de satélite UHDTV. Atualmente ele é chefe da Divisão de Pesquisa de Sistemas Avançados de Transmissão da NHK STRL. Ele é membro do ITE e IEICE no Japão e membro do IEEE nos EUA.

ATSC 3.0: A plataforma para a próxima geração dos modelos de negócios de broadcast

O conjunto de padrões ATSC 3.0 incorpora tecnologias inovadoras, mas seu poder real vem de sua flexibilidade para desenvolver novos serviços para emissoras e consumidores.

Palestrante: Mark S. Richer - Presidente do Advanced Television Systems Committee, Inc. (ATSC)

O ATSC é uma organização internacional sem fins lucrativos que desenvolve padrões para a televisão digital, incluindo o conjunto de padrões ATSC 3.0 para a próxima geração de televisão. O Sr. Richer ingressou no ATSC após 16 anos na PBS - Public Broadcasting Service onde, como Vice-Presidente de Engenharia e Serviços de Computação, foi responsável pelo desenvolvimento de novas tecnologias para a PBS e suas estações membro, design de sistemas de áudio / vídeo e gerenciamento de operações de tecnologia da informação. O Sr. Richer recebeu em 2007 o Prêmio de Liderança em Tecnologia da Broadcast & Cable , em 2010 o Prêmio de Realização de Engenharia de Televisão da Associação Nacional de Emissoras e o Prêmio EDGE de 2018 por Excelência em Inovação das Estações de Televisão Pública da América. Ele é membro da Sociedade de Engenheiros de Cinema e Televisão (SMPTE), membro sênior do Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE) e atua no Conselho Consultivo de Tecnologia do FCC.

Serviços de transmissão terrestre de UHD na Coréia do Sul

A apresentação tratará do status da implantação do ATSC 3.0 na Coréia do Sul e os modelos de serviço a serem lançados no futuro próximo.

Palestrante: Heung Mook Kim - Managing Director of Media Transmission Technology Research Group - ETRI

Ele trabalha para o Instituto de Pesquisa de Eletrônica e Telecomunicações (ETRI), na Coréia do Sul, onde é o Diretor Administrativo do Grupo de Pesquisa de Tecnologia de Transmissão de Mídia. É vice-presidente do Comitê Técnico de Broadcasting (TC8) da TTA, Korean SDO, vice-presidente do Comitê Gestor do Future Broadcast Media Standard Forum (FBMSF), Coréia e presidente do Grupo de Camada Física do Comitê Técnico da FOBTV.

11h30 - 13h

Produção de Conteúdo | Sala 12

Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast

Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast

Moderador: Celso Araújo - Diretor de Cinema - SET

Ingressou na TV Globo em 1973, onde atuou durante 40 anos na Central Globo de Engenharia, no Rio de Janeiro. Esteve mais de 12 anos em Manutenção, período em que teve a oportunidade de desenvolvimento em diversos setores da manutenção de TV, tais como câmeras, lentes, vídeo, áudio, switchers, roteadores, e até mesmo na gestão dos sistemas e de equipes, bem como a gestão das operações de produção e também em eventos esportivos, shows, Copa do Mundo e Olimpíadas. Em 2013 atuando como Empreendedor, Consultor de Empresas na área de Tecnologia de TV e ministrando Seminários e Workshops junto à SET nos seus eventos regionais, ao IAV (Instituto de Áudio e Vídeo de São Paulo).

ATUALIZAÇÃO dos PADRÕES HDR da SMPTE

Não específico para o cinema, e uma breve explicação da mistura do conteúdo HDR e SDR usando técnicas de mapeamento tonal.

Palestrante: Matthew Goldman - Senior Vice President Technology at MediaKind / Fellow & President of SMPTE / Senior Member at IEEE

Matthew Goldman é vice-presidente sênior de tecnologia, TV e mídia da MediaKind , com foco em soluções de processamento de vídeo e media delivery. Ele participa ativamente do desenvolvimento de sistemas de televisão digital desde 1992. Teve uma destacada atuação no Moving Picture Experts Group, onde ajudou a criar os padrões MPEG-2 Systems e DSM-CC. Continua influente em outras organizações como a Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE), a Alliance of IP Media Solutions (AIMS), o Fórum Ultra HD, o projeto Digital Video Broadcasting, o Advanced Television Systems Committee e a Society of Cable Telecommunications Engineers. Quatro de seus projetos tiveram reconhecimento da Technology & Engineering Emmy® Awards. O Sr. Goldman recebeu diplomas de bacharelado (com distinção) e mestrado em engenharia elétrica pelo Instituto Politécnico de Worcester. Ele possui seis patentes relacionadas ao transporte de vídeo digital.Membro da SMPTE, ele também é membro sênior do IEEE e membro da Academia de Pioneiros de Televisão Digital. O Sr. Goldman é o atual presidente da SMPTE.

HDR para File Based Production (Aplicações Cinematográficas)

Palestrante: Hugo Gaggioni – Chief Technology Officer – Sony Professional Solutions Americas

Formado em Telecomunicações, Engenharia de Sistemas e Engenharia Eletrônica pela Universidade de Essex em Colchester, Inglaterra; Universidade da Pensilvânia e Universidade de Columbia, respectivamente. Gaggioni, na Sony desde 1988, possui várias patentes e foi autor de mais de 40 publicações técnicas nas áreas de compressão de vídeo, bancos de filtros digitais, dispositivos e sistemas HDTV e UHDTV. Antes de ingressar na Sony, ele trabalhou na RCA Corp. e Bell Communications Research. Com interesses de pesquisa que vão desde processamento de vídeo digital e imagem e teoria da informação até compressão de vídeo / áudio e processamento de sinal multidimensional, Gaggioni participou de mais de 15 conferências internacionais nas áreas de HDTV, UHDTV e sistemas de compressão de banda larga. Ele também deu inúmeras apresentações e cursos de tutorial sobre processamento de sinais e tecnologias avançadas de vídeo em eventos internacionais patrocinados pelas organizações SMPTE, IEEE, SET e Eurasip.

AS NOVAS LENTES 8K UTILIZADAS na COPA do MUNDO da RÚSSIA

Palestrante: Gordon Tubbs – Vice Presidente da FUJIFILM North America Corporation, Optical Device Division

O Sr. Tubbs é o Vice-Presidente de Broadcast e Cinema Lens Products na Divisão de Dispositivos Ópticos da Fujifilm North America Corporation, com sede em Valhalla, Nova York, EUA. A Fujifilm North America Corporation é responsável pelas vendas e suporte de todas as lentes e acessórios Fujinon na América do Norte, Central e do Sul. Ele ingressou na Fujinon / Fujifilm em 2010 como Diretor de Vendas. Anteriormente ele passou a maior parte de sua carreira de trinta e seis anos na divisão de broadcast da Canon USA Inc., bem como na Ikegami e Angenieux nos Estados Unidos. Com a recente introdução das lentes Fujinon Ultra HD 2/3 "4K, bem como uma linha completa de lentes de cinematografia digital 4K, esses novos produtos ópticos, mecânicos e digitais abriram uma terceira era tecnológica em sua carreira depois de ter trabalhado cm Standard Definition e porteriormente com televisão de alta definição. Além disso, ele esteve envolvido na preparação e apoio de muitos dos principais eventos de televisão que exigem as últimas tecnologias ópticas, como as Olimpíadas, Super Bowl, World Series, US Open Tennis e outras grandes transmissões.

Snehal Patel

Cinema Full Frame. Sensores grandes e lentes full frame de alta qualidade

O tópico em discussão é o formato Full Frame em novas câmeras de cinema digital high-end, lentes para cobrir este novo formato grande, as novas possibilidades de linguagem com o formato, etc.

Palestrante: Snehal Patel – Zeiss. Gerente de Vendas, Cine e Especialista em Aplicativos. Consumer Optics Business Group. Divisão de Lente de Câmera

-

11h30 - 13h

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 15

Segurança da Informação, Privacidade dos Dados, Blockchain, Gestão de Riscos e Ameaças Digitais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO, PRIVACIDADE DOS DADOS, BLOCKCHAIN, GESTÃO DE RISCOS E AMEAÇAS DIGITAIS.

Os produtos do mercado audiovisual e o fluxo de trabalho da produção já são digitais. Isso traz novos desafios de segurança: a proteção dos direitos autorais, o vazamento de conteúdo não finalizado, a distribuição nas redes sociais e nos sistemas OTT (Over-The-Top), a comercialização on-line de conteúdo, as cópias não autorizadas, acesso não autorizado, invasões e ataques em sistemas, vazamento ou uso indevido de dados de usuários e de clientes. Nesta sessão, especialistas no assunto debaterão conosco como os sistemas audiovisuais podem ficar mais seguros e como gerir os riscos e ameaças no mundo digital. É importante investir tempo no assunto para aprender, debater, padronizar, saber no que investir, e assim evitar muitos prejuízos e dor de cabeça.

Moderador: Emerson Weirich - Diretor da regional Centro-Oeste da SET / Gerente de projetos e desenvolvimento da EBC

Emerson Weirich é diretor da regional Centro-Oeste da SET. Engenheiro eletricista e eletrônico com ênfase em automação, é atualmente gerente de projetos e desenvolvimento da EBC (TV Brasil, TV NBR, Rádios Nacional e Rádios MEC, Voz do Brasil, Agência Brasil, Agência Nacional de Rádios). É mestre em Gestão da Ciência e Tecnologia, especialista com MBA em Gestão Estratégica de Tecnologia e atuou em várias empresas de comunicação como EBC, RBS – Afiliada TV Globo, TVE, Radiobras, TV Cultura e TV Justiça.

Como os distribuidores de conteúdo podem proteger seu conteúdo da pirataria on-line?

A proliferação de conteúdo distribuído pela Internet através de várias plataformas e dispositivos mudou a forma como consumimos mídia, mas facilitou o acesso a ativos que pode ser pirateados. Com o custo de produção e distribuição, a pirataria tem um efeito prejudicial enorme na indústria global de produção de TV e de filmes. A cada ano, emissoras e proprietários de conteúdo perdem bilhões de dólares em pirataria on-line com conteúdo ilegal. Quais são as tecnologias mais recentes que podem ser adotadas para se proteger contra a pirataria? Ao adicionar um código visual único a um programa de TV, conhecido como marca d’água forense , os proprietários de conteúdo podem rastrear quem está utilizando de forma indevida. Em se tratando da distribuição de conteúdo, os proprietários precisam ter certeza de que estão protegendo seus valiosos ativos das formas de piratas on-line.

Palestrante: Carlos Cunha - Solutions Architecture Manager - Edgeware

Especialista em Engenharia de Telecomunicações pela "Escola Politécnica da USP, Brasil" com 23 anos de experiência no mercado de TV paga implantando e supervisionando soluções de TV a cabo em São Paulo na NET Serviços, e também projetando, implantando e suportando dezenas de headends analógicos e digitais em toda a América Latina.

Missão crítica: proteção de conteúdo audiovisual! Quanto investir para prevenir prejuízos?

Se seus conteúdos não estão seguros, o seu dinheiro também está em risco!
O consumo de conteúdos de áudio e vídeo pela web vem crescendo exponencialmente e, com isto, as ameaças também aumentam proporcionalmente. A cada dia, novos meios fraudulentos surgem para tentar burlar os sistemas de segurança existentes e piratear os conteúdos.
O intuito desta palestra é mostrar que é possível combater a pirataria de vídeos pela internet de forma eficaz, mostrando as possibilidades de defesa de conteúdos online em vários níveis:
• A nível de login (compartilhamento de login);
• Geolocalização;
• Limite de quantidade de acessos por usuário e acessos simultâneos;
• Captura de tela (screencast);
• Player HTML5;
• Softwares;
• Plug-ins de browser;
• DRM;
• Fingerprinting;
• Mercado Livre x pirataria;
• Outros.

Palestrante: Josimar Machado - CEO - JMV Technology

Empreendedor e autodidata em desenvolvimento de softwares e Marketing digital, atua no mercado de streaming de áudio e vídeo pela internet desde 2003. Fundou a JMV Technology aos 18 anos de idade, tornando-a uma das maiores empresas do segmento da América Latin

Gestão de Riscos no Mundo Digital. Por onde começar?

Para a nova indústria digital de audiovisual é vital elaborar um programa de segurança avaliando os riscos digitais. A adoção de ferramentas de cibersegurança não basta. É preciso investir em procedimentos e métricas padronizadas e confiáveis para superar o desafio da Segurança da Informação e minimizar os prejuízos corporativos. É preciso constantemente monitorar e gerenciar riscos dentro da nova arquitetura digital de conteúdos de mídia.

Palestrante: Sérgio Hoeflich - Risk Management Specialist - ANSP

Doutor em Engenharia Elétrica no programa de Sistemas de Automação (GAESI) da USP, mestre em Ciências em Engenharia Oceânica pela Coppe/UFRJ e MBA em Logística Empresarial pela FGV, com extensão na Manchester Business School (UK). Bacharel em Administração com Habilitação em Comércio Exterior pela FIAA. É Oficial da Reserva do Exército Brasileiro e Catedrático da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) sendo Vice Coordenador da Cátedra de Educação em Seguros e membro das Cátedras de Gerencia de Riscos, de Contrato do Seguro e Riscos Financeiros. Colaborou como gestor de logística e riscos em empresas (Penske, Tecninvest e OCASA) e atua como Coordenador do programa de Gestão de Riscos e Seguros da Escola Superior Nacional de Seguros (ESNS Funenseg), Gestão Estratégica de Riscos Corporativos (GRISCO®) da FGV e de Gestão Estratégica de Compras Corporativas do Ibecorp. É pesquisador, palestrante, articulista e professor organizações e instituições de ensino (UFRJ, Funenseg/ESNS, FGV In Company, Management e Cademp, SESCON/SP, FEMAR) e desenvolve pesquisa sobre analise de atributos de serviços e indicadores de desempenho aplicados á gestão de risco em cadeias logísticas seguras.

Como o Blockchain pode revolucionar a segurança na transação de mídias digitais?

Como Blockchain, a tecnologia por detrás das famosas moedas virtuais ou criptomoedas, pode ter impacto na indústria de mídia e entretenimento? Nesta apresentação teremos uma visão geral das possibilidades e dos casos de uso do Blockchain. Esta tecnologia pode moldar os diferentes segmentos da indústria de mídia e entretenimento e pode aumentar a segurança e rastreabilidade no intercâmbio de mídia. Veremos através do especialista da IBM, as principais considerações e benefícios que podem ser esperados, desafios encontrados, casos de uso e a perspectiva futura do Blockchain dentro da indústria.

Palestrante: Carlos Henrique Duarte Da Silva - CTO Blockchain Technical Leader - IBM Systems

Carlos Henrique “Kiko” Duarte, consultor de Cloud e POWER systems na IBM. Vinte anos de experiência no mercado de TI, já trabalhou em empresas como Sun Microsystems, Oracle, Symantec e IBM em funções de consultoria e vendas.

11h30 - 13h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

Software Livre

Software Livre

O software open source está hoje bastante presente tanto em casa quanto nas corporações. Indo muito além do Linux, passando por linguagens de programação, bibliotecas de código e até mesmo suítes completos que substituem pacotes comerciais famosos.
Nesse painel discutiremos o mercado de software livre, qual o seu modelo de negócios, quais os riscos, o que existe disponível para o mercado de mídia e abordar cases de aplicação.

Moderador: Daniel Monteiro - Gerente de P&;D - TV Globo

Engenheiro Eletrônico pela UFRJ e M.Sc em Processamento Digital de Sinais pela Coppe/UFRJ, tendo a área de compressão de vídeo como tema de pesquisa. Trabalha na área de Pesquisa e Desenvolvimento/Inovação da tecnologia da TV Globo desde 2000, onde hoje exerce a função de gerente do setor. Em 2002 trabalhou no centro de pesquisa da TV japonesa NHK realizando pesquisas com o padrão de compressão H.264, na ocasião em estágio de padronização. Apaixonado por novas tecnologias e gestão da inovação, com muitos anos de experiência em desenvolvimento de software, hoje lidera um time criativo que realiza pesquisas e projetos principalmente nas áreas de processamento de sinais, inteligência artificial, realidade virtual, computação, eletrônica e IoT

Software livre na prática: desenvolvendo e inovando em casa

O universo de software livre disponibiliza linguagens de programação, ferramentas e uma infinidade de bibliotecas especializadas capazes de acelerar o desenvolvimento e viabilizar a rápida experimentação e produtização de novas ideias. Vamos explorar algumas aplicações no mercado de mídia, indicando aonde alguns componentes livres foram usados, e demonstrando que, somente com a disponibilidade e agilidade dos softwares livres, essas idéias puderam rapidamente serem prototipadas e testadas, viabilizando assim um processo de inovação mais adequado a rapidez que o mercado demanda.

Palestrante: Rafael Raposo - Pesquisador - TV Globo

Rafael Raposo é formado em Ciência da Computação pela PUC-RJ e trabalha como pesquisador no departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da TV Globo desde 2009. Mais especializado em banco de dados, sistemas distribuídos e tudo que for da web, participou de inúmeros projetos de inovação da TV como o sistema para receber mensagens do Whatsapp e o sistema de clusterização de hábitos de consumo dos usuários do Globoplay. Grande proponente do software livre como uma forma importante de compartilhar o conhecimento, foi um dos precursores e disseminadores do uso dessas ferramentas na TV Globo.

Como uma empresa brasileira criou uma linguagem de programação que é usada no mundo inteiro

Nesta palestra, você irá descobrir como uma empresa brasileira criou uma linguagem de programação que virou uma comunidade mundial e como o modelo de open source foi fundamental para isso.

Palestrante: Hugo Baraúna - Co-Fundador - Plataformatec - Criadores da linguagem Elixir

Hugo Baraúna é co-fundador da Plataformatec, a empresa por trás do Elixir. Formado em engenharia de computação pela Politécnica da USP e pós-graduado com MBA executivo pelo Insper. Autor do livro TDD com Ruby pela editora Casa do Código.

Como o Open Source está remodelando a TI Moderna

Todas empresas, sejam startups ou grandes corporações, já entenderam que para se manterem relevantes no mercado precisam oferecer novos serviços baseados em tecnologia e o Open Source é a única força tecnológica capaz de inovar na velocidade e alcance dos negócios digitais. Mostraremos como uma infraestrutura ágil, baseado em Open Source, está remodelando vários mercados e reduzindo o time-to-market.

Palestrante: Boris Kuszka - Diretor Arquiteto de Soluções - Red Hat

Boris Kuszka, formado em Engenharia Elétrica pela Politécnica da USP, lidera o time de Arquitetos de Soluções da Red hat com especialistas nas soluções de Cloud Computing, DevOps e Middleware. Com mais de 25 anos de experiência no setor de tecnologia, o executivo já passou por diversas companhias importantes do setor, como IBM, Sun, Nokia, Oracle, HP e a NetApp.

14h - 15h30

Hot Session | Sala 13

TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!

TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!

Este painel abordará a implantação da TV DIGITAL no Brasil até hoje e o que faltará até o ano 2023, com o desligamento da TV Analógica. Profissionais das principais áreas envolvidas apresentarão o status atual da implantação e o que deverá ser feito nos próximos 5 anos para concluir essa transição.

Moderador: Fernando Ferreira – Diretor da SET

Formou-se em engenharia eletrônica com ênfase em Telecomunicações em Porto Alegre, pósgraduou- se na Kellogg School of Management, Northwestern University, em Evanston, em Chicago. Participou do Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre no setor de Radiodifusão. Liderou a implantação das emissoras de TV Digital de Porto Alegre e Florianópolis e outras emissoras no RS e SC.

  • O que foi executado nas implantações das emissoras e nos remanejos de canais para a liberação da faixa de 700 MHZ ( Canais 52 ao 69).

Palestrante: Antônio Carlos Martelletto – Presidente da EAD – Seja Digital

Com vasta experiência no setor de telecomunicações e operações, Martelletto foi pesquisador no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações da Telebras e atuou em diversas empresas do setor como Globosat, Unicabo e Vivax. Foi diretor executivo da Embratel, onde assumiu a direção de operações de DTH (Direct to Home) e a área de solução e entrega. À frente da Seja Digital, Martelletto tem o importante papel de liderar o processo de migração do sinal analógico para o digital da televisão no Brasil.

  • O desafio das Redes de Televisão e suas prioridades para atender o maior número de localidades com TV Digital terrestre e as dificuldades previstas.

Palestrante: Raymundo Barros – Diretor de Tecnologia da Rede Globo

Raymundo Barros é Engenheiro Eletrônico formado pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco. Possui MBA pelo IBMEC/SP e Pós-graduação em redes e sistemas de telecomunicações pelo Inatel. Iniciou sua carreira na empresa como estagiário, na Globo Nordeste. Foi Gerente de Engenharia na TV Globo Juiz de Fora (atualmente TV Panorama afiliada da TV Globo em Juiz de Fora), Diretor de Engenharia da Globo Nordeste e Diretor de Engenharia da Globo São Paulo, onde participou do projeto de implementação da nova emissora na Berrini e da implantação da TV Digital em São Paulo. Em 2011, migrou para a Direção de Engenharia para o Entretenimento, onde liderou projetos de engenharia para as novelas, seriados e programas de variedades. Em 2014, Raymundo Barros assumiu a Direção de Tecnologia da Globo.

  • Como está a situação da  indústria, frente à necessidade de produção de novos receptores de televisão e outros devices para receber a TV Digital HD, 4K etc…

Palestrante: Aguinaldo Silva - Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento - Design Center, Envision

Aguinaldo Silva é membro do Comitê Técnico da SET. Tem participação ativa no forum SBTVD atuando na coordenação de módulos técnicos. Anteriormente foi gerente de projetos do Genius Instituto de Tecnologia e gerente de engenharia na Sharp Brasil. Atualmente é diretor de pesquisa e desenvovimento do Design Center da empresa TPV Eletronics (AOC/Envision Brazil)

  • As Políticas Públicas do MCTIC para que as entidades ( Emissoras, Prefeituras, Fabricantes etc…), possam implantar a TV Digital terrestre e não deixar as populações com sinais analógicos sem o serviço de TV Aberta.

Palestrante: Moisés Queiroz Moreira – Secretário de Radiodifusão do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Informações e Telecomunicações

Gestor Público. Nos últimos 15 anos exercendo cargos públicos no Governo Federal, Estadual e Municipal do Estado de São Paulo. Coordenei atividades de assessoramento técnico na Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor - PROCON SP e assessoramento especial na Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo – COHAB e Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no período de 2003 a 2006. Em 2006 assumi a chefia de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde do município de São Paulo. Membro do Conselho de Administração da SPTURIS – São Paulo Turismo S.A. de abril/2008 a março/2009. Desde 2015, atuo no governo federal nos cargos públicos de Assessor Especial do Ministro das Cidades, de Chefe da Assessoria Parlamentar e de Assessor Especial do Ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Atualmente como Secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atuando na gestão de atividades relacionadas à formulação, proposições e regulamentação de políticas públicas, diretrizes, objetivos e metas, relativos aos serviços de radiodifusão e ancilares.

14h - 15h30

Tecnologia e Negócios | Sala 12

Parcerias de Sucesso na Era Multiplataforma: TV, ANCINE e Produtoras

PARCERIAS DE SUCESSO NA ERA MULTIPLATAFORMA: TV, ANCINE E PRODUTORAS

Entramos numa nova era de produção conteúdos para multiplataforma, por meio da criação das novas leis de incentivo à produção audiovisual pela Ancine.
A partir dessa nova era, colocamos no mercado um volume substancial de produções independentes em parceria com as redes de TVs internacionais e nacionais e ainda fomentamos e qualificamos o mercado audiovisual com novos formatos.
Nesse painel você compreenderá quais os elos da cadeia produtiva entre esses players.

Moderador: Mauricio Donato - Conselheiro Editorial - revista da SET

Graduado em Rádio e TV pela Universidade Metodista de São Paulo; mestre em Comunicação na Contemporaneidade pela Faculdade Cásper Líbero e doutorando pela USP/ECA. Possui vasta experiência em direção de programas televisivos, desenvolvendo projetos na TV Globo (Domingão do Faustão), SBT (Ô Coitado, Programa Livre, Pequenos Brilhantes, Teleton, Meu Cunhado) Rede TV (Vila Maluca), Band (One ofertas), TV Cultura (Eu Nunca Mais Vou Te Esquecer) do showman Moacyr Franco e na Rede Record de televisão (Domingo Espetacular, Repórter Record Investigação, Esporte Fantástico e O Voto na Record). Atualmente, é professor de pós-graduação e graduação na Universidade Anhembi Morumbi, lecionando as disciplinas Direção em TV e Mídias Audiovisuais e Direção de cinema na era multiplataforma e ainda é integrante do Conselho editorial da revista da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão).

 

Palestrante: Eliane Ferreira - Diretora de Conteúdo e Negócios - MIXER FILMS

Eliane coordena toda a área da produtora que envolve animação, longas-metragens, séries de ficção e docu-realities. Com grande experiência em produção e distribuição de filmes nacionais, Eliane supervisionou mais de 30 projetos em vários estágios, entre séries para televisão e longas-metragens, enquanto trabalhou na Sony Pictures. Com experiência em captação de recursos através de leis de incentivo, agentes de vendas, distribuidores e parceiros internacionais, atuou durante seis anos na Mixer como produtora executiva, e assinou a produção do premiado filme “Besouro” (João Daniel Tikhomiroff, 2009), além dos longas “Corações Sujos” (Vicente Amorim, 2011), que estreou em agosto de 2012 nos cinemas de todo o Brasil, “Confia em Mim” (Michel Tikhomiroff, 2012), que teve sua estréia nos cinemas em abril de 2014, e “Entre Abelhas” (Ian Sbf, 2015), com Fábio Porchat e grande elenco.

14h - 15h30

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 15

Plataformas de Contribuição: o que usar? Fibra, Micro-ondas , Satélite, 4G / Internet

Plataformas de Contribuição – o que usar? Fibra, Micro-ondas, Satélite, 4G/Internet

Nos últimos anos, a concorrência tem aumentado muito por conta da disponibilidade de novos canais de distribuição de conteúdo e dos avanços tecnológicos. Sabemos que a informação é o que realmente conta e, cada vez mais, temos que ter muita agilidade na cobertura do jornalismo diário. Neste painel vamos mostrar “cases” reais de como as emissoras estão se equipando visando a dar mais agilidade e qualidade no conteúdo jornalístico e também discutir as novas tecnologias disponíveis para que as emissoras sejam cada vez mais rápidas na transmissão de conteúdos ao vivo.

Moderador: Caio Augusto Klein - Gerente de Operações - RBSTV Porto Alegre

Engenheiro Elétrico formado pela UFRGS (Universidade Federal do RS), com Pós-Graduação em Liderança Estratégica em Negócios e Pessoas pela ESPM-RS. Iniciou a carreira na RBS sendo Coordenador Técnico da RBSTV Uruguaiana. Após, voltou para Porto Alegre onde trabalhou em projetos de instalações de novas Unidades do Grupo, destacando a RBS Video São Paulo e a RBSTV Santa Cruz. Depois, por 10 anos, foi Diretor Técnico da TVE do Rio Grande do Sul. Voltou para a RBS para ser o Gerente Técnico das Rádios do Grupo, onde participou das coberturas das Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014, Olimpíadas 2008 e 2012 e Mundial Interclubes em 2006, 2010 e 2017, coordenando a logística do Grupo RBS nestes eventos. Em 2009 voltou para a RBSTV na função de Gerente Executivo de Operações, continuando a participar de grandes coberturas, como a Copa do Mundo do Brasil de 2014 e o Mundial Interclubes de 2017 em Abu Dhabi.

SOLUÇÕES DE CONTRIBUIÇÃO E COLABORAÇÃO REMOTAS PARA JORNALISMO UTILIZANDO AGREGAÇÃO DE INTERNET MOVEL 4G / SATÉLITE PARA USO COM PLATAFORMAS ABERTAS

Após amadurecimento do mercado com uso de plataformas de mochilink para contribuição de vídeo para jornalismo, começa agora a busca por soluções de agregação de  banda de internet movel 4G / Satelite para uso em aplicações diversas além de transmissão de áudio e vídeo em tempo real, mas também transferencia de arquivos, uso de Skype TX, comunicação de coordenação sobre IP, dentre outras, em plataforma abertas. A apresentação abordará o tema com foco em aplicações reais já em curso no mercado Brasileiro e internacional, considerando parametros que possam levar a melhor implementação.

Palestrante: Billy Neves - Diretor executivo - Broadmedia

Billy Neves possui experiencia em soluções inovadoras para contribuição e colaboração para jornalismo e esportes após 20 anos de trabalho como representante e distribuidor de fabricantes de tecnologias para compressao de video, streaming, bonding, com passagens pela Teradek, Newtek, Adtec, For-a, Panasonic, Sony, Canon dentre outros.

Utilização de redes celulares com SLA para o uso das mochilas do tipo LiveU e outras

Apresentação da solução técnica da rede móvel celular Claro 3G/4G para garantia de qualidade na transmissão de vídeo de contribuição, como reportagens de rua, através das mochilas como o LiveU.

Palestrante: Carlos Alberto S. Camardella - Consultor de Engenharia de Telecom – Diretoria de Evolução Tecnológica de Redes – Embratel / Claro Brasil

Formação em Engenharia Eletrônica e Sistemas, e posterior especialização em Telecomunicações, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Iniciou sua vida profissional em projetos militares brasileiros, como projetista de sistemas de radar e controles de armas das fragatas e do Porta-Aviões Minas Gerais, da Marinha de Guerra. Na área de telecomunicações, ingressou na Embratel em 1999, atuando na implantação das primeiras redes ATM, no desenvolvimento do QoS (qualidade de serviço) para os serviços nas redes Frame-Relay e Backbone IP, na implantação da primeira rede de transporte de sinais digitais de contribuição para emissoras de TV em nível nacional, no projeto da nova rede de vídeo IP de contribuição para emissoras de TV (EvSOL) e nos testes e implantação das primeiras redes WiMax, Metro Ethernet e GPON. Integrado à área de Evolução Tecnológica, sempre atuou no desenvolvimento de novos produtos e serviços, como o Netfone, e pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias como IoT, 4,5G, 5G, SDN e NFV, para todo o grupo Claro Brasil. Também participa da Comissão de Frequências do Projeto 5G Brasil da Telebrasil, como um dos relatores.

Tecnologia com segurança para contribuição jornalística ao vivo – Banda KA

A InternetSat fará um resumo da evolução das transmissões em campo até hoje com exemplos reais e objetivos e apresentará uma referência de qualidade, custo e mobilidade. Como exemplo de transmissões de video e streaming, mostrará a última solução com streaming e video e a sua qualidade, principalmente quando o ponto é não usar somente o Mochilink e nem mais a banda C, ou seja, abordará de uso de satélite de alta capacidade e de última geração (HTS) em banda KA, focando para jornalismo ocasional.

Palestrante: George Bem, Ceo & Founder - InternetSAT

George Bem é CEO e fundador da InternetSAT, uma empresa integradora de soluções e operadora de internet banda larga via satélite, fibra e telefonia. É graduado em Engenharia de Telecomunicações pela FASP, especializações em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Pós-Graduado e Certificado em Ambientes de Missão Crítica e Gestão de Projetos pelo PMI e Scrum Alliance. Entre outros cargos, exerceu a Gerência de Infraestrutura e Serviços da Engenharia da Rede Record, onde foi responsável pela integração de novas tecnologias e implementação do ambiente IP, redes de dados e telecomunicações, soluções móveis para vídeo e transmissão de dados na qual estruturou as transmissões dos jogos do Pan de Guadalajara 2011, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Jogos de inverno Sochi 2014, Pan Toronto 2015 e Jogos Olímpicos Rio 2016.

PLATAFORMAS DE CONTRIBUIÇÃO AO VIVO

A produção de conteúdo de Jornalismo atual exige muita agilidade e flexibilidade. Estar rapidamente conectado, em qualquer lugar, exige um cardápio de serviços de conectividade amplo e previamente estabelecido que permita autonomia a quem produz.
Esse painel vai ilustrar as tecnologias envolvidas e suas possibilidades.

Palestrante: Laércio Silveira - Technology Manager - TV Globo

Engenheiro Eletrônico formado pelo CEFET RJ, com Pós-Graduação em Engenharia Econômica pela UERJ, MBA em Gestão de Negócios pela ESPM e MBA em Gestão de Projetos pela FGV. Iniciou sua carreira em Telefonia e Transmissão na extinta Estatal Telerj e deu sequência a sua carreira de 24 anos na TV GLOBO, onde passou por diversas áreas de Suporte como Especialista e Executivo. Lidera há 3 anos a área de Tráfego de Sinais no Rio de Janeiro e São Paulo, assim gerencia a Tecnologia de Externas no RJ. Participou de vários projetos e eventos na TV GLOBO relacionados a todas as áreas de Produção de Conteúdo do Grupo Globo.

14h - 15h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

Startups do Audiovisual – Empreendedorismo e Inovações

Startups do audiovisual – Empreendedorismo e inovações

Conheça três empreendedores e suas startups que estão inovando e abrindo o mercado audiovisual em novos segmentos de negócios. Cada startup está em um estágio diferente: early stage, operação-tração e internacionalização. O painel apresenta a trajetória de sucesso desses negócios inovadores de tecnologia e conteúdo.

Moderador: José Carlos Aronchi - Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa Sebrae

Jornalista e Radialista. Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Consultor de tecnologia e inovação na economia criativa nos segmentos de negócios da mídia - audiovisual, games e editoração impressa e digital. Gestor do grupo de trabalho de Mídia no Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa Sebrae.

VAV – Vitrine para o Audiovisual

VAV é o primeiro Hub online de profissionais do audiovisual brasileiro que funciona como vitrine para projetos, profissionais e licenciamento de conteúdo.

Palestrante: Isadora Lemes - Co-founder - VAV - Vitrine Audiovisual

Formada pela FAAP, atua no mercado como roteirista e diretora criativa desde 2013. Passou por produtoras como Olhar Imaginário (atuando como assistente de direção e produção do diretor Toni Venturi) e Guaraná Filmes (como roteirista, produtora e diretora de conteúdo para redes sociais). Hoje é sócia-diretora da produtora Nova Vitrine Produções e roteirista oficial do canal "DRelacionamentos" que conta com uma rede de espectadores de mais de 2 milhões de pessoas no Youtube e Facebook. Co-fundadora da VAV Audiovisual.

A vida no centro: HUB de Cultura e Inovação

A Vida no Centro é uma startup de informação e conhecimento focada no Centro de São Paulo. Por meio de uma plataforma digital, webséries, redes sociais, aplicativo web, eventos e curadoria de tendências, a startup mostra o que o coração da metrópole tem de melhor: cultura, gastronomia, lazer, turismo e as pessoas que inovam e transformam positivamente o Centro.

Palestrante: Clayton Melo - Founder - A vida no centro

Co-fundador do projeto A Vida no Centro, hub de inovação e cultura sobre o Centro de São Paulo. Líder, curador e pesquisador de tendências em tecnologia aplicada ao agronegócio (AgTech) na plataforma StartAgro. MBA em Marketing na FGV. Desenvolve projetos de Marketing Digital, Inbound e Marketing de Conteúdo - 20 anos de experiência em jornalismo: ex-editor da Istoé Dinheiro (também ex-diretor do Núcleo Digital da revista), Gazeta Mercantil, Meio & Mensagem e site IDG.

IS Game – escola de videogame para todas as idades

IS Game – International School of Game ensina crianças, jovens e idosos a desenvolver videogame. É a primeira escola de videogame no Brasil com a metodologia comprovada cientificamente para melhoria cognitiva dos idosos.

Palestrante: Fábio Ota - CEO - IS Game

Consultor em Gamificação. Pesquisador Responsável pelo projeto “Programação de Games para o desenvolvimento do raciocínio lógico e prevenção do declínio cognitivo em Idosos” no Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE)​. Foi Diretor da Picnet Solutions do Brasil, empresa de desenvolvimento de games e sistemas (1993 a 2005).​ Atuou como Gerente de TI, Gerente de Projetos, Analista e Programador nos segmentos Industrial, Bancário, Imobiliário e de Consultoria.​ Coautor do livro “Estratégias Empresariais para Pequenas e Médias Empresas”, capítulo “Planejamento estratégico de Tecnologia da Informação". Ministra palestras e Workshops sobre Gamificação no Mundo Corporativo.

16h - 17h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

Inteligência Artificial / Plataformas Cognitivas / Data Analytics

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL / PLATAFORMAS COGNITIVAS / DATA ANALYTICS

A Inteligência Artificial veio para ficar e revolucionar mercados. No caso específico da produção de conteúdo, já mudou a forma de trabalho, realizando atividades repetitivas e rotineiras com alta performance. O uso da criatividade humana é potencializado nos eventos que exigem este tipo de conhecimento. Desta forma, a cobertura dos eventos que não são muito rentáveis pode ser completamente operacionalizada por um sistema de IA. Neste painel, iremos contar com especialistas que irão compartilhar seus conhecimentos sobre as novas tecnologias e novidades dos mercados nacional e internacional na produção de esportes, jornalismo e eventos em massa com pouca ou nenhuma ação humana, usando como fonte de informação as mídias sociais e dados de uso dos consumidores finais.

Moderador: Hugo Nascimento - CTO Ad Digital

Formado em engenharia, tem 12 anos atuando em projetos de PAY TV em diversos ramos como IPTV, DTH e TV a cabo. Em sua carreira, ele atou em empresas e clientes referencia no mercado, como Cisco e Irdeto, assim como em projetos que envolviam equipes multidisciplinares em diversos países para Telefonica, Megacable, Claro, NET e sua experiência contempla projetos em pré e pós-venda com profundo conhecimento técnico nesse mercado. Atuou nos mais exigentes mercados como Alemanha, Estados Unidos, México, Colômbia, Argentina, Dinamarca, Espanha entre outros.

Digitalização: assistência ou tecnologia?

O uso da tecnologia para resolver problemas, é assistência. ​A digitalização trata menos sobre internet ou computadores e mais sobre ASSISTÊNCIA, sendo computadores e internet apenas aquilo que viabiliza essa assistência.O importante é a tecnologia assistindo as pessoas de diversas formas. Esta palestra é sobre tecnologias específicas para construir aplicativos de tv, cloud e mobile dando ao público da SET um panorama do que está acontecendo na vida das pessoas (nós) e como isso muda nossas expectativas como consumidores.

Palestrante: ALberto Menoni - Head of Broadcast Media Entertainment - Google

Executivo de negócios com ampla experiência em empresas de destaque como [X], Google, Microsoft, Rio Tinto Alcan e AT & T, construindo uma sólida carreira internacional em vendas, marketing e parcerias. Um empreendedor de sucesso também, com 8 anos liderando o rápido crescimento de uma empresa brasileira de tecnologia, a Auteq.

A inteligência artificial como elemento da Indústria 4.0 aplicada ao setor criativo

Nesta apresentação o público irá ter acesso a como o mundo de M&E entre outros vem se adaptando rapidamente com o advento da industria 4.0 exemplos práticos de como se aplicar no mercado de broadcast atualmente.

Palestrante: Washington Cabral - Client Technology Advisor for Media & Entertainment - IBM

Washington passou os últimos 28 anos de sua vida profissional no setor de Tecnologia da Informação. A curiosidade e entusiasmo por novos conhecimentos encontrou o casamento perfeito quando passou a se dedicar nos últimos 5 anos ao setor de mídia e entretenimento. A radical transformação impulsionada por tecnologias emergentes que o setor enfrenta é o ambiente ideal para desenvolver idéias disruptivas e que possam fazer diferença para o futuro do setor.

Inteligência Artificial na Produção de Mídia e Sistemas de Entrega

Esta apresentação fornecerá definições de Inteligência Artificial, Machine Learning e Redes Neurais, e uma visão geral de como estas tecnologias estão sendo usadas na indústria de mídia (na criação de conteúdo, distribuição de conteúdo e aplicativos de back-office). Ela será concluída com uma previsão de onde essas tendências provavelmente seguirão.

Palestrante: Skip Pizzi - Vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da NAB

Skip Pizzi é engenheiro, jornalista, editor, autor e coach de tecnologia. Atualmente, exerce o cargo de vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da National Association of Broadcasters (NAB). Também é vice-presidente do Grupo de Tecnologia 3 (TG3) do Advanced Television Standards Committee (ATSC), que está desenvolvendo o padrão ATSC 3.0. É membro do Conselho de Administração do Fórum Ultra HD e editor associado do Manual de Engenharia da NAB, 11ª edição.  Graduado pela Universidade de Georgetown, estudou Engenharia Elétrica, Economia Internacional e Belas Artes.  Seu livro mais recente é A Broadcast Engineering Tutorial for Non-Engineers, 4 ª edição.

Como a inteligência artificial e o futebol ao vivo se unirão para criar uma melhor narrativa

A inteligência artificial (IA) já demonstrou que terá um impacto transformacional em muitos setores. A produção de esportes ao vivo não é diferente. É uma área que busca eficiência operacional para oferecer mais conteúdo a um público cada vez mais diversificado e conectado.

Usando o futebol como exemplo, junte-se ao James Stellpflug da EVS enquanto ele explica como a natureza rápida e eficiente da tecnologia de aprendizado de máquina mostra que ele pode ser usado para fornecer fluxos de trabalho mais inteligentes que permitem aos produtores produzir mais facilmente o conteúdo mais envolvente. objetivo é oferecer uma melhor experiência de futebol ao vivo para os telespectadores.

Este artigo apresentará uma visão de como a IA apoiará o desenvolvimento de tecnologia de produção ao vivo nos próximos anos. Ele ensinará aos visitantes que, com as redes neurais certas de aprendizado de máquina, a AI pode ser usada como um assistente de produção integrado para executar várias tarefas com a velocidade e a confiabilidade necessárias em produções ao vivo, sem precisar implantar recursos adicionais.

Seja para adicionar facilmente recursos visuais aprimorados à programação, para automatizar a melhoria dos replays ou para orientar os programas de auto-direcionamento de câmeras, a AI é uma tecnologia fundamental que será fundamental para oferecer um conteúdo melhor, mais rápido. Nesta apresentação, exploraremos ainda mais as futuras aplicações potenciais para fluxos de trabalho inteligentes e apresentaremos casos de uso existentes que fornecerão histórias aprimoradas com o futebol ao vivo.

Palestrante: James Stellpflug - VP Product Marketing - EVS

James é um profissional experiente com conhecimento em design de redes e sistemas de transmissão complexos para produção de eventos ao vivo e produções de transmissão em todo o mundo. Ele tem sido Gerente de equipes em um ambiente acelerado no espaço de manufatura de Broadcast e assumiu papéis com entusiasmo, entusiasmo e uma abordagem orientada a resultados.

16h - 17h30

Tecnologia e Negócios | Sala 12

Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow

Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow

A partir do conceito de “Semiosfera Televisiva”, em que conteúdos de mídia televisiva se constituem em novas configurações, abordam-se, neste painel, aspectos de modelo de negócios e workflow para a produção de conteúdo audiovisual, com ênfase em janelas e plataformas, Televisão, Internet e OTT.
A partir de relatos de casos e exemplos de atuação das empresas representadas pelos convidados, pretende-se traçar um cenário em que se abrem janelas e plataformas de distribuição e exibição de conteúdo.

Moderador: Almir Almas - Professor Doutor, Universidade de São Paulo / Vice-diretor de Cinema - SET

Professor Associado e Chefe do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Coordenador Geral do Grupo de Pesquisa LabArteMídia – Laboratório de Arte, Mídias e Tecnologias Digitais e do Obted – Observatório Brasileiro de Televisão Digital e Convergência Tecnológica. Doutor e Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cineasta/ Videoartista/VJ; Artista do Coletivo de Arte Cobaia. Vice-Diretor de Cinema da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET). Autor de "Televisão digital terrestre: sistemas, padrões e modelos".

Toda TV será em breve um OTT. Como não ficar de fora do Futuro.

O OTT é uma realidade no mercado global. Além do crescimento no consumo de tecnologias de mobilidade (smartphones, tablets, laptops e STB), dados positivos deste mercado vêm mostrando um alto crescimento no consumo de serviços de streaming. Como consequência disso, o consumidor vem procurando um entretenimento acessível e de qualidade, que ele possa consumir de forma simples e a Internet viabiliza isso. As empresas que atuam ou planejam entrar no mundo OTT, precisam se reinventar seguindo as novas tendências tecnológicas e novos modelos de negócios.

Palestrante: Claudio Lessa Friedrich - Co-fundador e Vice-Presidente da Associação Brasileira de OTT – Abott’s!

Atua na indústria de TV por assinatura com mais de 19 anos em TV Digital: Satélite, Cabo, MMDS, IPTV e OTT. Possui experiência em Engenharia de Sistemas e Gerente Técnico de Pré-Vendas em Desenvolvimento de Negócios, expertise em soluções multimídia avançadas, soluções convergentes inovadoras, instalações e suporte para empresas multinacionais na LATAM.

Realidade Virtual Imersiva

Entre tantas novas janelas, surge mais uma para o mundo de televisão, é a Realidade Virtual Imersiva, seja no Broadcast, na TV por cabo/satélite ou pela Internet. Os tão falados óculos de Realidade Virtual agora ganham uma nova linguagem, a transmissão ao vivo de shows e esportes passam para a quarta dimensão, e grandes players da indústria de entretenimento e do esporte passam a transmitir eventos especiais com a tecnologia imersiva e espacial.
Apresentação de cases bem sucedidos de Live VR: World Cup, NBA, NFL, Boxing, Shows, Talk Shows, etc

Palestrante: Rodrigo Dias Arnaut - Diretor de Tecnologia, Inovação e Criatividade no Esconderijo Criativo e Mundo360

Professor na FAAP, especialista, realizador e um “Inovador Disruptivo" em Transmidia, em “Imersão Virtual", e em “Interação e Engajamento”. Presidente América Latina da Choicely.com (plataforma de votação online). Mestre em Inteligência Artificial pela Poli/USP e Pós em Gestão pela ESPM. Diretor na SET, Fundador da EraTransmidia, liderou por 21 anos projetos de inovação e tecnologia na Globo.

O CAMINHO PARA UMA TV DISRUPTIVA

Muito se fala da desruptiva arquitetura dos dispositivos OTT e sua força sobre o modelo de negocio atual das TV´s sejam abertas ou fechadas ( cabo, satélite etc ).
O OTT pode vir embarcado desde o Playstation Vue, Xbox 0NE, Tv conectadas ou o Slingbox e agora Amazom Prime e o já famigerado Netflix . Estamos todos vendo uma nova parcela de ofertas que devem mudar a forma como vemos TV para sempre.
No entanto, um olhar sobre esses novos serviços rapidamente revela uma lacuna no conhecimento e como, até agora, muitas empresas não conseguiram entender como o comportamento das pessoas e as suas expectativas mudaram. Isso significa uma enorme oportunidade perdida. O movimento de transmissão por streaming não é de interesse dos leigos, as pessoas não se importam como as coisas chegam até elas . Elas não se preocupam com a tela que estão ligadas, elas apenas se preocupam como a experiência.

Palestrante: Tom Jones Moreira de Assis - Coordenador do Departamento de Engenharia de Aplicação da Tecsys do Brasil.

Tom Jones Moreira de Assis é especialista em Sistemas digitais e consultor de Inovação tecnológica com experiência de mais de 15 anos no mercado de Telecom. Coordena o departamento de Engenharia de Aplicação da Tecsys do Brasil. Membro do Fórum SBTVD: Módulo de Promoção e Módulo Técnico, e membro da Diretoria de Ensino da SET.

Streaming e o Cinema Brasileiro: A Dicotomia do serviço de Streaming na acessibilidade de filmes

O cinema é uma atividade artística e cultural que possui capacidade de atividade econômica altamente rentável e geradora de mão de obra.
Esta palestra trás a discussão do porquê a sustentabilidade do cinema nacional ainda é tão difícil diante das possibilidades do streaming.

Palestrante: Kaliane Pereira Miranda - Assistente de Programação - SP Leituras

Formada em cinema, pesquisadora das novas tecnologias audiovisuais, principalmente as formas de distribuição digitais de vídeo em streaming. Produtora de curtas-metragens, professora em oficinas livres de interpretação e programadora e assistente de produção na SP Leituras.

Análise de mercado e novas formas de distribuição de conteúdo – OTT

A chegada da era multiscreen vem alterando o comportamento do espectador e novos modelos de negócios vem surgindo através dos diferentes tipos de serviço OTT O momento atual é estratégico, pois a utilização de serviços de Catch-up TV, VOD, etc, demanda uma adequação dos sistemas atuais dos provedores de serviço e conteúdo.
Essa palestra trará uma visão comparativa do mercado de novas mídias e como a indústria está se preparando para atender os novos hábitos do telespectador.

Palestrante: Gustavo Bevilacqua Dutra - OTT Sales Director Video Solutions – LATAM

Possui Graduação em Engenharia de Telecomunicações pela UERJ, Pós-Graduação em Distribuição de vídeo sob IP pela UFRJ e MBA em Gestão Comercial e Vendas pela PUC. Atualmente é Diretor de Vendas para o segmento de OTT da MX1 para o mercado latino americano. Antes já havia trabalhado para grandes empresas como Telefônica, Claro, TV Globo e ATEME, atuando principalmente em comunicação de dados, transmissão de vídeo tradicional e multi-plataformas, Over-The-Top (OTT), VOD, CDN e eventos ao vivo.

16h - 17h30

Regulatório e Normatização | Sala 15

Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento

Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento

O painel vai atualizar as informações sobre as ações regulatórias do MCTIC e da ANATEL, concluídas e planejadas, promovendo uma discussão sobre a sua adequação às necessidades e expectativas do setor de Radiodifusão.

Moderador: Tereza Mondino – Diretora da TM Consultoria em Telecomunicações

Graduada em engenharia elétrica - opção eletrônica pela UNB. Diretora da TM Consultoria em Telecomunicações. Consultora da SET, nos grupos de TV Digital, de Canalização e atualmente no Grupo de Espectro, nos períodos de 1999 a 2003 e a partir de 2005. Trabalhou no Ministério das Comunicações até 1998, tendo atuado na área regulatória e de planejamento de radiodifusão e dos serviços de TV pro assinatura. Na área internacional, integrou delegações e representações do Brasil em conferências e reuniões do Mercosul, da CITEL e da UIT.

 

Palestrante: Ivan Miranda – Diretor de Engenharia - GRPCOM / RPCTV (Afiliada Rede Globo no Paraná) / Diretor da Regional Sul da SET

Formou-se em Engenharia Elétrica, com ênfase em Telecomunicações. Pós Graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e Program for Management Development pela University of Navarra. Responsável pela implantação da transmissão de TV Digital na 8 emissoras de televisão da RPCTV no estado do Paraná, migração do jornalismo RPCTV para o formato HD, implantação da unidade de produção HD View (caminhão para cobertura de eventos) e implantação da OTV (canal para TV Paga).

Palestrante: Vitor Elísio Góes de Oliveira Menezes – Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação da ANATEL

Advogado, especialista em Direito Administrativo, Gestão Pública e em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações, servidor de carreira na Anatel desde 2007, passou pela Superintendência de Serviços Privados, Assessoria Jurídica da Presidência da Anatel e ocupa atualmente o cargo de Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação.

Palestrante: Moisés Queiroz Moreira – Secretário de Radiodifusão do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Informações e Telecomunicações

Gestor Público. Nos últimos 15 anos exercendo cargos públicos no Governo Federal, Estadual e Municipal do Estado de São Paulo. Coordenei atividades de assessoramento técnico na Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor - PROCON SP e assessoramento especial na Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo – COHAB e Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no período de 2003 a 2006. Em 2006 assumi a chefia de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde do município de São Paulo. Membro do Conselho de Administração da SPTURIS – São Paulo Turismo S.A. de abril/2008 a março/2009. Desde 2015, atuo no governo federal nos cargos públicos de Assessor Especial do Ministro das Cidades, de Chefe da Assessoria Parlamentar e de Assessor Especial do Ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Atualmente como Secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atuando na gestão de atividades relacionadas à formulação, proposições e regulamentação de políticas públicas, diretrizes, objetivos e metas, relativos aos serviços de radiodifusão e ancilares.

16h - 17h30

Tecnologia e Negócios | Sala 16

Startups: Aceleradoras de Sucesso

STARTUPS: ACELERADORAS DE SUCESSO

O objetivo geral deste tema no congresso SET é mostrar um pouco do universo e as possibilidades que o modelo de negócios das Startups permite, buscando soluções inovadoras, com potencial de rápido crescimento.
Acredito que o modelo de negócios das startups pode auxiliar, dinamizar e flexibilizar o modo como operam as estações de televisão, levando soluções inovadoras a este mercado consolidado.

Moderador: José Dias – CEO Mixmedia / Diretor de Produção de Conteúdo -SET

Tem se dedicado nos últimos 40 anos às Técnicas de Produção e Engenharia de Televisão e ao estudo de utilização de Computadores para dinamizar o aspecto visual e as técnicas sofisticadas da geração de imagens e efeitos especiais para TV e cinema. Entre 1979 e 1984 foi o Principal no desenvolvimento da Tecnologia de Computação Gráfica que revolucionou o visual da Rede Globo de Televisão na década de 80.

Cidinaldo Boschini

O mercado de Venture Capital no Brasil. O que uma Startup precisa apresentar para conquistar um investimento de um VC.

Nesta apresentação mostraremos o papel dos investidores em Startups.

  • O que é um VC.
  • Quais são os tipos de VC’s
  • Quantos VC’s atuam no Brasil.
  • Histórico de investimentos em Startups no Brasil.
  • O que os VC’s analisam em uma Startup.
  • Quais os setores mais atrativos para os VC’s.
 

Palestrante: Cidinaldo Boschini- Partner-Director na Midwest Early Stage Venture Capital S/A

Empreendedor serial, Venture Capitalist (Founder da Sirius Venture Capital) e especialista em Recuperação Judicial de empresas (Founder da 2C Turnaround Consulting) com 12 anos de experiência na área, tendo realizado mais de 80 projetos de Recuperação Judicial em todo o Brasil, com mais de R$ 15 bilhões de dívidas renegociadas, dezenas de negócios de Distressed (Assets and Credit) realizados, gerando grandes múltiplos de retorno. Formado em Administração de Empresas, MBA pelo CEAG FGV, especialista em Finanças e Empreendedorismo pela BabsonUniversity. Associado a TMA ( Turnaround Management Association) Brasil e a INSOL International (International Association of Restructuring, Insolvency & Bankruptcy Professionals).

A jornada das startups de provável sucesso

O passo a passo para prototipar, validar, crescer e escalar uma ideia

Palestrante: Lima Santos - CEO da 5xMais Holding Business

Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, ex-Militar das Forças Armadas, atuou no Exército Brasileiro por 20 anos, é especialista em Planejamento Estratégico e Marketing Digital, Professional Coach, Pós-graduado em Marketing e Inteligência Competitiva. 5Xmais é “uma venture capital que realiza aportes financeiros em startups com grande capacidade de crescimento”. O objetivo é atuar no engajamento dos participantes do tripé da relação do negócio: o empresário da startup, o investidor e os outros players.

Growth Hacking do SaaS ao Samba

Vamos mostrar na prática, com cases e hacks reais, como growth hacking pode ser feito em qualquer tipo de negócio, um software as a service ou uma escola de samba. Muitas vezes é possível obter crescimento com ações simples que não gastam nem 5 minutos nem 5 reais.

Palestrante: Jana Ramos - Head of Growth (5xMais Holding Business), Growth Mentor for Startups (SP Stars, Startup Weekend), Growth Hacking Instructor (Udemy) and Growth Hacker (Growth Lovers).

Especialista em marketing digital, produto e vendas, há 3 anos cria cases e hacks em todo funil de growth: aquisição, ativação, retenção, recomendação, receita. Entusiasta e apaixonada por divulgar o growth em palestras, cursos e meetups, mostrando na prática cases, hacks, mindset data driven, cultura do experimento, como encontrar oportunidades e gargalos, resolver problemas com criatividade, ter visão e coragem para fazer o que precisa ser feito.

17h30 - 19h

| Sala 16

SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual

Moderador: Edson Mackeenzy – Head SET Innovation Zone

Ativista na formação e relacionamento com o ecossistema global de Inovação. Eleito pela ABS e AWS em 2017, o melhor mentor de startups do Brasil. Com carisma e energia contagiantes, o Mack é um dos empreendedores mais influentes do Brasil. Une conhecimentos holísticos aos mundo dos negócios para estimular o desenvolvimento das pessoas ligadas ao empreendedorismo. Com 18 anos de experiência, foi radialista, head de relacionamento com ecossistema da Bossa Nova Investimentos e fundador do Videolog, o primeiro portal de vídeos do mundo, atuando como CEO por 10 anos até seu fechamento. Desde então atua como consultor de inovação, relacionamento e investimento em Startups.

SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual

As 10 Startups selecionadas no desafio SetUp do programa da SET Innovation Zone 2018, apresentarão suas soluções e modelos de negócios para todos os presentes.
Haverá também uma votação e três dessas Startups serão selecionadas  para participar do Desafio Like a Boss do SEBRAE, durante a CASE 2018 – Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo –  que acontece nos dia 29 e 30 de novembro em São Paulo, além de serem avaliadas para o programa de aceleração com a Dream2B no Canadá.

-

EasyMovie

Plataforma para contratar profissionais para criação de vídeos animados, vinhetas, apresentação de projeto, ação de comunicação, tutorial, conteúdo, convite e vídeos publicitários.

.

VAV AUDIOVISUAL

Plataforma online que disponibiliza ao profissional e estudante do audiovisual, networking e suporte necessário para a viabilização de suas obras, de forma totalmente interativa e gratuita.

.

-

Huntag

Sistema de colaboração criativa que facilita a organização, gerenciamento e o encontro de materiais digitais, para ajudar na produtividade das equipes.

.

Surfmappers

Plataforma criada para conectar surfistas e fotógrafos e para facilitar a compra e venda das fotos e vídeos, por meio de sistema de pagamento integrado e filtros inteligentes.

.

Talentos Kids

Plataforma criada para conectar talentos infantis ao mercado publicitário e de moda. O controle dos perfis é da responsabilidade dos tutores das crianças e a verificação das empresas é feita pela empresa.

.

Muvier

Plataforma que conecta negócios à empresas de criação de vídeos profissionais. Usam da tecnologia para facilitar o acesso a produção de vídeos, de maneira democrática. Porque todo mundo adora vídeo, quem vê e quem faz.

.

Sling Musical

Plataforma digital que conecta músicos, ouvintes, produtores, casas de shows, gravadoras, empresários e empreendedores entusiastas da Indústria da Música independente.

.

Xtream Solution

Acervos de vídeos com reconhecimento facial e busca de áudios por texto.

.

Tapps VR

Desenvolve sistemas de realidade virtual para experiências interativas e imersivas para diversas finalidades.

.

Chili Gum

Plataforma que transforma dados estruturados em vídeos personalizados.

.