• PT
  • EN
  • ES

A TV aberta na encruzilhada

liliana_RevistadaSET

Em alguns anos, a TV digital terá substituído a TV analógica ao redor do mundo.

“Será a atual geração de TV digital o último estágio na evolução da TV aberta terrestre? Ou faz sentido planejar uma futura geração de TV aberta que contemple os desenvolvimentos em curso, como o HDR, o 4k e o 8K e que seja facilmente recebida em dispositivos pessoais? Como as transmissões via satélite podem complementar ou pavimentar esse caminho evolutivo da TV aberta ? Essas são algumas das principais questões cuja discussão pode trazer alguma luz sobre o futuro da TV aberta. “

A explicação que acabamos de ler é da diretora internacional da SET, Liliana Nakonechnyj, e dá o pontapé inicial sobre o que será apresentado no painel “O Futuro da TV aberta”, hot session do primeiro dia do 28º Congresso de Tecnologia do SET EXPO 2016.

Nessa sessão, especialistas de várias partes do mundo debaterão essas questões, considerando as demais ofertas do mercado e as mudanças de hábitos das pessoas, bem como os principais obstáculos que desafiam a continuidade do atual modelo de TV aberta.

Além de Liliana, que será moderadora do painel, estarão presentes no debate Skip Pizzi, diretor sênior para Tecnologias de Novas Mídias da NAB; Masayuki Ito, diretor da divisão de Tecnologia de Transmissão do Ministério do Assuntos Internos e de Comunicações do Japão, e Ana Eliza Faria e Silva, gerente de Planejamento e líder do regulatório de tecnologia na TV Globo.

A hot session “O Futuro da TV aberta” acontece no dia 29 de agosto, às 11h30.

 

user-gravatar
Tainara Rebelo
No Comments

Post a Comment