• PT
  • EN
  • ES

Painel do SET EXPO propõe união dos setores de mídia para fortalecer o audiovisual no Brasil

Olímpio José Franco, superintendente da SET, moderou a primeira hot session do último dia do Congresso SET EXPO. Intitulada Projeto UHD- Brasil: Uma PontePara o Futuro, a plenária tratou de discutir as iniciativas, no mundo e no Brasil, para planejar a introdução da próxima geração de serviços de imagens e sons, com o intuito de discutir inovações e o que se espera delas para um futuro próximo. Há uma década a alta definição foi instaurada no Brasil e pensar o que vem em seguida é um dos objetivos do Projeto UHD-Brasil.

Primeiro convidado a falar no painel, Skip Pizzi, vice-presidente de educação tecnológica e outreach da NAB (National Association of Broadcasters), falou sobre o trabalho do Fórum Ultra HD, que reúne líderes de mercado de todos os setores da indústria do audiovisual nos Estados Unidos. “O fórum está unindo líderes de mercado de toda a indústria, emissoras, provedores de serviços, eletrônicos de consumo e fornecedores de tecnologia para colaborar na resolução de obstáculos do mundo real e na aceleração da implantação da Ultra HD”, afirmou. “O foco do grupo se dá principalmente no mecanismo de entrega do UHD. O intuito é gerar diretrizes, testar equipamentos profissionais e observar os resultados em vários geradores ou exibições. Os membros do fórum são, em sua maioria, provedores de serviços e fabricantes”, finalizou.

“O projeto Wave é sobre mídia em streaming”, disse Mike Bergman, diretor-sênior de tecnologia e padrões da CTA (Associação de Tecnologia do Consumidor, sigla em português), ao introduzir sua fala. Fazem parte do Wave (Web Application Video Echosystem) empresas como Google, Facebook e Apple, que em linhas gerais, objetiva melhorar a forma como os vídeos comerciais veiculados na internet são exibidos em diferentes dispositivos e tornar mais fácil a distribuição deles. “Wave não é um projeto norte-americano, é global, e queremos mais participação da América do Sul. Por isso, tenho estado em contado com a Liliana para colaborarmos uns com os outros”, afirmou.

Já a presidente da SET, Liliana Nakonechnyj, tratou do Projeto UHD-Brasil, que, segundo ela, não é uma iniciativa só da SET. “Estamos incentivando esse projeto, que deve ser multisetorial. “É muito importante que membros da comunidade audiovisual se unam em torno da tecnologia para serem mais fortes. Essa indústria tem muito talento, mas falta conhecimento tecnológico”, disse. O projeto nacional, que ainda está no início de seu desenvolvimento, pretende unir a indústria e facilitar a introdução de novas gerações de serviços audiovisuais no Brasil.

Assessoria de Imprensa SET EXPO
No Comments

Post a Comment