• PT
  • EN
  • ES

O papel da logística reversa no processo de desligamento analógico

Os aspectos técnicos relacionados ao desligamento da TV analógica, a liberação da faixa de 700 MHz e as ações que antecedem e sucedem o início do 4G/LTE em todo país foram discutidos na tarde desta terça-feira (22) no painel O papel da área de Tecnologia no processo de switch-off analógico e início do 4G/LTE na faixa de 700 MHZ.

 

O painel foi moderado por Rafael Leal, da TV Globo, e teve a presença de Carlos Cauvilla, diretor de tecnologia de TV da Rede Anhanguera; Luiz Fausto, especialista em Estratégia e Regulatório da Rede Globo; e Fernando Gomes de Oliveira, da Gestão e Planejamento de Projetos do Seja Digital.

 

Além da abordagem técnica, a mesa trouxe os desdobramentos ambientais desse processo, com a substituição das televisões de tubo pelas de tela plana. Mara Raquel Ballam, gerente executiva da ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos, falou sobre os desafios do setor eletroeletrônico para a implantação da logística reversa e seu impacto ambiental, social e econômico. Segundo ela, o consumidor, assim como varejo e indústria, tem papel fundamental na implantação da lei, que prevê a responsabilidade compartilhada entre os agentes. Alguns trabalhos de coleta na casa dos consumidores, como o realizado pela ABREE com o Grupo Pão de Açúcar, foram citados como cases de sucesso e que podem ser seguidos por outras empresas. Em alguns casos, o consumidor entrega o aparelho antigo e recebe um desconto na compra do novo, por exemplo. Já estão sendo criados pontos de coleta dos equipamentos por todo o país. “É sim um trabalho de implementação, mas é principalmente uma mudança de cultura e de educação ambiental”.

 

Assessoria de Imprensa SET EXPO
No Comments

Post a Comment