• PT
  • EN
  • ES

Migração das rádios AM é debatida no SET Expo 2017

24/08/2017 09:25
Making OF

O rádio é um dos meios de comunicação mais acessíveis e populares no mundo todo, e a migração de emissoras do AM para FM tem movimentado empresas e os órgãos reguladores no Brasil. Para debater o assunto, o Congresso de Tecnologia do SET EXPO reuniu profissionais durante encontros no quarto dia de painéis.

O rádio convencional ainda é preferência de 58% da audiência entre as 10h e 11h, e opção de 15% dos ouvintes de celular entre as 14h e 15h, mostrou Cauê Franzon, gerente de Projetos da RBS.

Apenas 5% ouvem pelo computador entre 14h e 15h. Os dados compilados pelo Ibope apontam que o rádio alcança 89% das pessoas das 13 regiões metropolitanas onde a audiência é aferida, o que equivale a 52 milhões de pessoas. O tempo médio dos sintonizados é de 4h36, o que mostra um espaço de crescimento grande em dispositivos móveis.

O diretor de rádio da ABERT – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, André Cintra apresentou dados sobre “Critérios e modificações sugeridos na adoção na canalização em Regiões Metropolitanas” lembrando o grande esforço necessário para acomodar as estações que desejam realizar a migração de AM para FM.

O encontro moderado por Eduardo Cappia, diretor de Rádio da SET também recebeu José Mauro de Ávila, diretor técnico do Mega Sistema de Comunicação (Ribeirão Preto, SP) que apresentou dados sobre a eficiência energética dos transmissores FM.

SET Comunicação
No Comments

Post a Comment