• PT
  • EN
  • ES
 

Programação


31/05 e 01/06 - PORTO ALEGRE - RS

SET Regional Sul 2016

Seminário de Tecnologia de Broadcast e Novas Mí­dias

Gerenciamento, produção, transmissão e distribuição de conteúdo eletrônico multimídia.

31/05 e 01/06– 9h às 18h

 

Inscrições

Aberta e gratuita para profissionais, pesquisadores e estudantes deste mercado. É mandatório que seja realizada pelo site SET. www.set.org.br

Certificados

Serão liberados no site da SET a partir de 14/06/2016, somente para quem realizar seu registro pelo site SET e assinar a lista de presença no local do evento.

Programação

Arquivo pdf para download

Arquivo.pdf
Horário Palestra
Horário Palestra

ABERTURA SET SUL 2016

Palestrante: João Resende – ANATEL

Palestrante: Paulo Roberto Balduíno – ABERT

Palestrante: Luis Alberto Campos Cruz – AGERT

Palestrante: Ary dos Santos – FENAERTE

Palestrante: Claudia Gonçalves – UNIRITTER

PAINEL SET – Desafios da Televisão Brasileira

Alguns aspectos ligados a tecnologia podem ser preponderantes nos próximos passos da TV , seja no que se refere a sua sustentação junto a audiência ou pelo modelo comercial adotado e vencedor nas ultimas 5 décadas . Esse  painel se propõe a ouvir as áreas de tecnologia das redes e validar essas expectativas . Seria a tecnologia importante no caminho da TV do futuro ?  Abaixo os pontos de influencia que farão parte da discussão :

>>Espectro – Cenário restritivo no   ambiente nacional ou internacional , seja para novos serviços como UHD e até mesmo para manutenção do atual plano de canalização.

>>Internet – Como a entrega de conteúdo ao telespectador via internet afetará a TV ? Terá a capacidade e presença a ponto de substituir a TV pelo ar?

>>Mobilidade – Considerando a mobilidade como algo associado diretamente ao comportamento da audiência , a entrega de conteúdo será atendida pela TV aberta ou serviços móveis das operadoras ? Qual o futuro do ISDBT –OneSeg ?

Carlos Fini, Diretor de Tecnologia RBSTV e Rádio

Engenheiro Eletrônico formado em 1984 pela Universidade São Judas em São Paulo , MBA em Gestão Empresarial concluído em 2001 na Escola Superior de Propaganda e Marketing , Pós Graduação- Telecomunicações e Redes – INATEL . Atuou na TV Globo desde 1979 , sendo gerente de engenharia em São Paulo de 1994 a 2012 .Atuou na implantação das emissoras de São Jose dos Campos (TV Vanguarda ) em 1988 , da TV Globo em SP em 1999 e no sistema de transmissão digital na Al. Santos em 2007. Membro da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de TV) desde de 1988 onde atua na diretoria de tecnologia e participante do Fórum Brasileiro de TV Digital (Módulo Técnico) – como coordenador da norma de multiplexação e da norma de middleware de 2006 a 2012 . Atualmente é diretor de tecnologia do grupo RBS no Rio Grande do Sul e Santa Catarina onde atua na gestão das operações de TV e rádio.

Desafios da Televisão Brasileira

Paulo Henrique Castro Corona, Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia de Telecomunicações TV GLOBO

Desafios da Televisão Brasileira

Sady Ros, Engenheiro/ Gerente Técnico SBT

SESSÃO SET: PAINEL REGULATÓRIO – Desligamento 2018

O primeiro desligamento oficial das transmissões analógicas aconteceu em Rio Verde em fevereiro/2016. Muito aprendizado foi possível nesse desligamento piloto. Brasília, com previsão no segundo semestre de 2016, certamente será o verdadeiro piloto, visto o porte da localidade e pelo fato de muitas ferramentas estarem sendo efetivamente aplicadas após o aprimoramento em Rio Verde (Pesquisas, comunicação, distribuição de kits de recepção e outros).

Dessa feita, muitas perguntas ainda pairam no ar sobre o tema;

Qual será a abrangência de desligamento para o restante do país? O que será mandatório até 2018?
Como orquestrar um volume tão grande de população em 2017/2018?
Como será tratado o processo de regularização das estações digitais (ajustes de plano básico e autorizações)?
Qual a melhor forma de minimizar os impactos para a população?
Relativo ao remanejamento, como estão as diretrizes para migração de faixa? Foi previsto algum trabalho de comunicação específico a população?
Quanto as mitigações, certamente um desafio serão as definições do que irá para preventiva e corretiva. Como está sendo pensado esse processo em linhas gerais?

Objetivo:

O painel se propõe a trazer uma visão global para o público presente sobre o avanço dos trabalhos dos GIRED, radiodifusão e operadoras, sobre o desligamento analógico e liberação da faixa do 700 MHz, fornecendo subsídios para o planejamento de médio / longo prazo do radiodifusor.

Ivan Miranda, Grpcom – Emissoras Afiliadas Rede Globo no PR Diretor de Engenharia

Diretor de Engenharia da GRPCOM / RPCTV (Afiliada Rede Globo no Paraná) e membro da Diretoria da SET como diretor na Região Sul. Formou-se em Engenharia Elétrica, com ênfase em Telecomunicações. Pós Graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e Program for Management Development pela University of Navarra. Responsável pela implantação da transmissão de TV Digital na 8 emissoras de televisão da RPCTV no estado do Paraná, migração do jornalismo RPCTV para o formato HD, implantação da unidade de produção HD View (caminhão para cobertura de eventos) e implantação da OTV (canal para TV Paga).

Painel Regulatório – Desligamento 2018

Como administrar um grupo (radiodifusão e operadoras) com interesses e culturas tão diferenciadas?
Como foi a experiência de Rio Verde?
Quais as expectativas para Brasília?
Quais serão os próximos passos?
Findo o desligamento e iniciando as atividades do LTE, como ficam as mitigações?
Quais as principais diretrizes para o remanejamento e cronograma executivo previsto face ao desligamento?

Martin Jales Hon, Representando o Presidente do Gired Rodrigo Zerbone Anatel

Painel Regulatório – Desligamento 2018

Quanto estão evoluindo as atividades nos grupos de trabalho?
Quais os principais pontos de atenção para o radiodifusor?
Como será orquestrado o desligamento de tantas localidades simultaneamente em 2018?

Paulo Ricardo Hermano Balduino, Diretor de Tecnologia ABERT

Engenheiro eletrônico pela Universidade de Brasília,é Diretor Presidente da Synthesis Consultoria, que atua nos setores convergentes de telecomunicações e mídia. Trabalhou no Ministério das Comunicações como coordenador das atividades de regulamentação internacional junto aos distintos fóruns da União Internacional de Telecomunicações – UIT e da Comissão Interamericana de Telecomunicações – CITEL. Chefiou delegações brasileiras em várias reuniões, assembléias e conferências da UIT e da CITEL sobre temas diversos, dentre os quais se inclui o planejamento do uso do espectro para vários serviços. Atualmente suas atividades de consultoria incluem a direção dos trabalhos da Associação Brasileiras das Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT, voltadas para a política, o planejamento e o uso do espectro radioelétrico. Foi responsável pela participação técnica da ABERT em todo o processo da faixa de 700 MHz

PAINEL REGULATÓRIO – Desligamento 2018

Arcabouço regulatório, o que precisa ainda ser trabalhado para evoluirmos rapidamente no processo de implantação da TVD?
Como tem sido a celeridade de processos em caráter primário x secundário para estações digitais, em especial estações as vésperas de desligamento?

Tereza de Macedo Mondino, Sócia Diretora TM Consultoria e Consultora da SET

Engenheira Eletrônica formada na UnB. Trabalhou no Ministério das Comunicações até 1998, onde atuou em Regulamentação e Planejamento nas áreas de Radiodifusão e TV por Assinatura. Participou de trabalhos nas comissões de Radiodifusão do MERCOSUL, da CITEL e da UIT. Participou dos trabalhos do Grupo ABERT/SET de TV Digital – desde a preparação dos testes nos sistemas ATSC, DVB e ISDB, em 99, até a finalização da primeira edição do plano de distribuição de canais de TV digital, em 2003, e hoje é consultora do Grupo de Espectro da SET, atuando na área regulatória e no planejamento.

FredyLitowsky

TECNOLOGIA E NOVAS PLATAFORMAS PARA A PRODUÇÃO DE AUDIO E VÍDEO

Apresentações de como as modernas plataformas permitem a integração de soluções e customização de workflows.

Fredy Litowsky, Diretor regional AVID

Com formação acadêmica em engenharia e experiência de mais de trinta anos em broadcast, atua na indústria como fabricante desde 1999, hoje desempenhando a função de Diretor Regional da Avid para o Brasil.

Captação 4k e seus desafios operacionais e técnicos

Fabrizio Pires Reis, Responsável comercial CANON

Formado em Engenharia de Telecomunicações pelo Inatel, iniciou-se no ambiente acadêmico onde se dedicou aos estudos de modulação e codificação de canal nos sistemas OFDM. Mais tarde na indústria, passou pelos departamentos de engenharia, pré-vendas e vendas na área de transmissão e distribuição de sistemas broadcast digital. Atualmente é responsável comercial pela área de lentes broadcast e cinema da Canon do Brasil.

NEWS AND BROADCAST CENTER SOLUTIONS

Integrated Sports, News & Entertainment productions, content management and distribution platform covering all aspects of the most demanding production workflows based on EVS live proven technologies.

Bruno Pessoa, Product Specialist EVS

BRUNO PESSOA, Product Specialist da EVS Bruno PESSOA. Product Specialist – Brazil. Engenheiro mecânico formado pela UNIP. Trabalhando em broadcast desde 2001. Videodata entre 2001 e 2006 (Technical Sales Support). CIS Brasil entre 2006 e 2013 (Técnico de Suporte e Gerente Técnico). EVS desde 2013 (Product Specialist)

AVALIANDO O ROI DOS SISTEMAS DE MAM

Os sistemas de MAM passaram a ser uma necessidade nas empresas de broadcast. Muitas empresas ainda tem dificuldade de justificar a sua aquisição. Como avaliar o ROI de um sistema de MAM, bem como quais são os pontos que precisam ser considerados para uma boa escolha são os pontos abordados nesta palestra.

Fabio de Sales Guerra Tsuzuki, Sócio Diretor Media Portal Soluções

Fabio de Sales Guerra Tsuzuki é engenheiro eletrônico e mestre em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, doutor em engenharia pela Universidade de Tóquio. Sócio fundador da Media Portal Soluções Ltda.

A abordagem da SAM para a nova infra-estrutura de transmissão baseada em sistemas IP e Playout Virtualizado

A Snell Advanced Media (SAM) analisa a forma como common- off-the -shelf (COTS ) hardwares , produção de vídeo ao vivo baseada em IP e aplicativos virtualizados suportam os requisitos crescentes de transmissão de TV. Estas novas tecnologias oferecem soluções escaláveis para expandir a quantidade de canais, prevendo um futuro à prova de SD, HD e infra-estrutura UHD

Felipe Andrade, Diretor para o Brasil Snell Advanced Media

Felipe César de Andrade. Formado em Engenharia Elétrica em 1999, com Pós Graduação pela FAAP em 2002, atua na área de Broadcast desde 1993 assumindo diversas posições técnicas e comerciais. Com grande experiência internacional, trabalhou com clientes na Europa , EUA e América Latina, passando por empresas do setor como Sony, GrassValley e Avid. Atualmente ocupa o cargo de Diretor para o Brasil da Snell Advanced Media, junção entre as fabricantes Snell e Quantel, ambas inglesas

17h35

AMBIENTES DE PRODUÇÃO IP/4K

Aspectos e desafios da produção 4K utilizando ambientes tradicionais e  ambientes IP.  Este painel visa mostrar características de cada ambiente de produção baseados em tecnologias atuais e nas que estão por vir.

Amaury Pereira da Silva Filho, Regional sales ROSS VÍDEO

Horário Palestra
Horário Palestra
09h00

Novas Aplicações via Satélite para Broadcast

Rubens Vituli, Business Director, Latin America SES

Rubens Vituli graduou-se em Engenharia Elétrica na Universidade Estadual de Campinas em 1997, com pós-graduação em Administração de Empresas concluída em 2005, na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo. Vituli é diretor de negócios para a América Latina na SES, desde 2011, e acumula grande experiência na indústria de satélites e telecomunicações, atuando na área técnica e comercial de empresas como Comsat e British Telecom.

09h25

iMCR: A Evolução da Sala de Controle Mestre

Hertz N. da Silva, Gerente de Vendas HARMONIC

Formado em Engenharia Elétrica atuo no mercado de Telecom há 15 anos. Com vasta experiência em projetos de engenharia, hoje atuo na área comercial de Broadcast e PaidTV levando aos cliente soluções de alto valor agregado para vários tipos modelos de negócio e operações diversas.

09h50

OPÇÕES PARA TRANSMISSÃO VIA SATÉLITE DE CONTEÚDOS ISDB-T CONSIDERANDO EFICIÊNCIA E MONETIZAÇÃO

A ENENSYS desenvolveu um sistema para transmissão de conteúdos ISDB-T em total compatibilidade com o DVB-S/S2 respeitando as disposições de redes SFN e conteúdos formatados em MPEG-2 TS na interface aérea. Toda a sinalização BTS e a base de tempo estão inseridas em um PID otimizando a banda satelital e dando múltiplos usos a um link satelital entre as diferentes normativas.

Raul Ivo Faller, Sócio Diretor YOUCAST

Formado em engenharia de telecomunicações pela Universidade de Karlsruhe na Alemanha, pos-graduado em economia de empresas pela FIPE, FEA, USP Raul Faller tem experiência de 15 anos no mercado de telecom com ênfase na radiodifusão com passagens pelas empresas Rohde & Schwarz e Kathrein. Hoje Raul e sócio diretor da YOUCAST, empresa integradora de soluções para distribuição de vídeo.

10h40

MIGRAÇÃO AM X FM

55 emissoras migrantes concluem a fase de habilitação junto ao MC e firmaram contrato de adaptação de outorga com a união.
Entendendo prazos e fases da faixa FM convencional, seus desafios e validação técnica.
Faixa estendida FM, 76 a 88 MHz, reservada para mais de 350 migrantes. Receptores e a experiência da Jovem Pan – São Paulo – 84,7 M

No tópico atualização sobre a Migração, “O que o radiodifusor deve saber” compartilhar experiências e esclarecer dúvidas relativas ao processo,   além de detalhes legais como contratos, prazos e etapas a serem vencidas na canalização em efetivação do Rio Grande do Sul, bem como,  os aspectos técnicos de antenas e transmissores

moderador: José Eduardo Marti Cappia, Diretor EMC/SET

Eduardo Marti Cappia Graduação 1979 pela Universidade de Mogi das Cruzes. Engenheiro Eletricista com habilitação em: Comunicações – Eletrônica e Eletrotécnica. Diretor da Empresa EMC – SOLUÇÃO EM TELECOMUNICAÇÕES deste 1991 EMC – empresa distinguida para implantação de testes na UFMG – Belo Horizonte. Empresa que implantou em 2008 estação experimental baixa potência HD RADIO. Associações que faz parte: AESP – Associação da Emissoras de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo – Líder do Comitê Técnico; Conselho Regional de Engenharia – Seção São Paulo – Seção Espírito Santo; SET – Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão. Colaborador site Caros Ouvintes.

MIGRAÇÃO AM X FM

Abordará experiência como gerente técnico da rede de Rádios da RBS desde 2009, focando na Migração destacando entre outros tópicos: a indústria de receptores automotivos, móveis, e indústria de transmissores.

palestrante: CAUE FRANZON

11h45

A tecnologia de satélite acelerando a digitalização

A palestra tem como foco principal apresentar a experiência da Eutelsat em outros mercados da tecnologia de distribuição de sinais digitais via satélite como o meio rápido e eficaz na implantação de redes de distribuição de televisão..

palestrante: Ricardo Calderon, Diretor de vendas Eutelsat

Formado em engenharia eletrônica pela Escola de Engenharia Mauá, possui 27 anos de experiência no mercado de comunicações por satélites, Broadcast e PayTV. Ocupa a posição de Diretor de Vendas na Eutelsat do Brasil desde 2015

13h25

Inovações e os Impactos na Era Beyond Definition

Uma visão geral das inovações tecnológicas oferecidas na era Beyond Definition. As questões e definições relevantes para o sinal UHD , abordando temas como HFR, HDR, Wide Color Gamut . As implicações do tráfego de sinais UHD trazidas por essa nova era, bem como as novas padronizações para tráfego IP e a proposta do NMI (Network Media Interface) para a produção ao vivo. As novas ferramentas de produção ao vivo e contribuição de jornalismo para produção de conteúdo com maior agilidade.

palestrante: Erick Soares de Oliveira, Marketing SONY Brasil

ERICK SOARES. Engenheiro de Suporte a Vendas, atuante há 10 anos na Sony, especialista em tecnologias e produtos no mercado de Broadcast, formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP), acompanhou o desenvolvimento de novos produtos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais (SET, Broadcast & Cable, Anima Mundi, SSPI) e internacionais (NAB)

13h50

SESSÃO SET: PROJETOS – PAPEL DO PROFISSIONAL E DA TI NA QUALIDADE NO CICLO DE VIDA DO CONTEUDO

Demonstrar o estado tecnológico e as tendências para o futuro em cada etapa, discutir como processos e pessoas lidam com a expectativa do consumidor. E, como a Qualidade da Experiência, subjetiva por natureza, só pode ser atendida pelas pessoas envolvidas na indústria que dá vida ao conteúdo. Destacar a importância da Qualidade como um alinhamento fundamental ao negócio, isto é, à audiência. Aliar como TI e o futuro com o IP, está atualmente guiado pela busca por qualidade, protagonizado atualmente pelo desenvolvimento de protocolos refinados para stream.

moderador: Vitor Chaves de Oliveira, Engenharia SET / UNISAL / COACH IT

Vitor C. Oliveira é Professor, Consultor e Pesquisador. Doutorando em Engenharia Elétrica (Mackenzie), Mestre em Engenharia Elétrica (PUCC), Especialista (MBA) em Engenharia Eletrotécnica e Sistemas de Potência (UNISAL), formado em Ciência da Computação (UNISAL) e técnico em Informática (SENAI). Professor Universitário atuando nas áreas de Eng. Elétrica e Computação no Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL); Editor de Revistas para a Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET); Consultor em Infraestrutura TI/ERP/Telecom na Coach IT Consultoria. É autor de livro na área de computação em nuvem e já publicou dezenas de artigos em periódicos científicos e em conferências nacionais e internacionais. Seus interesses de pesquisa estão concentrados em Telecomunicações: Redes IP, Transmissões Rádio (TV Digital), Teoria Eletromagnética, Algoritmos de Controle, Modelagem Matemática de Sistemas, Virtualização e Eficiência Energética.

A ÚLTIMA CONVERGÊNCIA ENTRE NEGÓCIO, PRODUTO, PROCESSO E PROJETO

O aumento da complexidade dos mais diferentes mercados tem demandado uma visão sistêmica e integrada das perspectivas de negócio, produto, processo e projeto na resolução dos problemas organizacionais. Não basta pensarmos somente na conquista de um melhor resultado, no lançamento de um novo produto ou na padronização de novos processos. Para maximizarmos as chances de sucesso de nossas iniciativas, devemos estimular uma cultura de aprendizagem em nossos projetos mediante a integração destas diferentes perspectivas. Esta palestra irá questionar algumas abordagens tradicionais do Gerenciamento de Projetos e apresentar alguns caminhos para a resolução destes problemas.

Palestrante:Luiz Claudio Parzianello, Consultor, Coach, Instrutor e Palestrante

Consultor, Coach, Instrutor e Palestrante. Especialista em Agile Management e Lean Business Analysis, metodologias para a aceleração de resultados empresariais. Co-autor do guia internacional “Agile Extension to the BABOK” (Business Analysis Body of Knowledge).

15h10

Gerenciamento de Projetos: abordagens tradicionais e aplicação de métodos ágeis considerando as peculiaridades técnicas da área de Televisão

palestrante: Sérgio Luis Nogueira Martines, Diretor Executivo SM Facilities

Diretor Executivo da SM Facilities, empresa voltada para a área de serviços de Engenharia e Gerenciamento de Projetos, com expertise em Televisão e Telecomunicações, além de atuação como consultor em diversas áreas como Energia, Financeira, Jurídica, Industrial, RH e Meio-Ambiente. Engenheiro Civil pela UFPR e Técnico em Eletrônica pelo CEFET-PR, com especialização em Gestão de Obras pelo CEFET-PR e MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV. Atua há 25 anos na área de Televisão, especialmente com sistemas de transmissão e recepção, implantação de geradoras e retransmissoras de TV. Atualmente também é voluntário e Diretor de Relações Institucionais do PMI-PR

15h35

Sistemas Irradiantes: Otimizando a Relação Custo/Beneficio

Serão abordados aspectos técnicos e econômicos quanto às escolhas de antenas de FM (migração AM/FM) e TV Digital, com alternativas econômicas, levando em conta o máximo desempenho para o projeto. Serão abordados cuidados e detalhes importantes de implantação.

José Roberto Elias, Gerente Comercial IF Telecom

JOSÉ ROBERTO ELIAS. Engenheiro Eletrônico formado na UNICAMP em 1983 com MBA na FGV em 2005, possui vasta experiência dedicada ao Broadcast de Áudio e Vídeo. Membro da SET desde os anos 90, colabora com a Sociedade tendo ocupado a posição de Diretor de Tecnologia além de ser um constante colaborador da entidade. Ocupou vários cargos executivos em Multinacionais, foi gerente de Rede da Abril Radiodifusão, além de Professor da Universidade Federal Fluminense. Possui diversos papers publicados e seminários, bem como atua como consultor há mais de 30 anos. Ocupa hoje a posição de gerente comercial na IF Telecom, empresa dedicada à fabricação de sistemas radiantes e componentes Broadcast, que representa com exclusividade a Dielectric LLC no Brasil.

16h00

PALESTRANTE: Representante da LEYARD

16h25

Integração de Sistemas: otimização do tempo e agilidade de processos

Existe atualmente, uma crescente demanda de softwares para automatização de processos dentro de cada setor nas emissoras de Rádio e TV. Atendendo à este enorme fluxo, o mercado de softwares para Broadcast está atento quanto às integrações dos sistemas para facilitar e agilizar os processos de produção e automatizar o trabalho das equipes entre si.

palestrante: Raquel Caldas Oliveira, Analista de Treinamento SNEWS

Raquel se dedica há mais de 10 anos ao jornalismo. Durante este período, obteve experiências profissionais que a levaram a trabalhar em praticamente todas as áreas do jornalismo. Bacharel em Administração de Empresas e Pós-graduando em Comunicação Organizacional e Marketing, atualmente é analista de treinamentos da Snews, empresa desenvolvedora de soluções em broadcast.

16h50

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E NOVA GERAÇÃO DE TRANSMISSORES.

palestrante Paulo Marcos DAMASCENO, Suporte Técnico Comercial HITACHI KOKUSAI LINEAR

Engenheiro com experiência em ensaios, configuração e manutenção em Transmissores de Televisão Digital e Analógica, amplificadores, moduladores. Experiência com sistemas de refrigeração de transmissores – ar e liquido. Configuração e dimensionamento de Head-End – Mux/Remux, Receptor de Satélite, Encoders/Decoders, implementador de funções. Conhecimento em ISDB-T e DVB. Execução de testes e laudos em equipamentos para validação de novos produtos. Experiência com instrumental como Analisadores de Espectro, Network Analyzer, Power Meters. Projeto, implantação e validação de Sistemas de TV Digital e sistemas de distribuição.

.