• PT
  • EN
  • ES

Além das telas: diretores detalham grandes produções no NAB Show

David Geffner, Bernadette Caulfield, Anette Haellmigk, Jonathan Freeman e Greg Spence. Foto: Tainara Rebelo

O 2017 NAB Show abriu espaço para os mais variados temas dentro da proposta The M.E.T. Effect, livremente traduzido como o “Efeito Mídia, Entretenimento e Tecnologia”. De acordo com entrevista concedida à SET pelo vice-presidente da NAB, Chris Brown, neste ano, 80% dos assuntos apresentados no evento (somados feira e seminários) estão nesta vertente.

Na prática, isso significa que o 2017 NAB Show está recheado de expositores e parceiros com os mais variados e coloridos produtos e inovações na maneira de se fazer conteúdo. O cinema, por exemplo, se apresenta com vários seminários teóricos durante o evento. “Entendemos que as mais novas e representativas tecnologias são aplicadas na indústria do entretenimento. E o NAB Show tentou traduzir tudo isso no M.E.T. Effect”, explicou Brown.

Um dos painéis mais disputados, ontem, foi o que contou com a participação dos produtores do seriado Game Of Thrones, recordista de conquistas do prêmio Emmy (38 ao longo de seis temporadas) e um dos carros-chefe no quesito efeitos especiais. Dragões, explosões, batalhas e maquiagem em clima medieval desafiam diariamente os produtores que precisam se adequar às expectativas de público e do mercado de tecnologia.

O painel teve fila e critérios restritivos para acesso do público. A apresentação contou com a participação de Bernadette Caulfield, produtora executiva; Greg Spence, produtor; Anette Haellmigk, diretora de fotografia; e Jonathan Freeman, diretor de fotografia. A mediação foi de David Geffner, diretor executivo na ICG Magazine.

Foram relatados detalhes sobre o estilo de iluminação para novas locações e histórias, como eles escolheram bloquear e editar os pontos de virada emocionais da trama e como aproveitaram a pós-produção para unificar visualmente a metragem que incluiu um elenco de centenas de pessoas e quase 1,9 mil tipos de efeitos visuais. Também foram exibidas cenas da sexta temporada e abordada brevemente a técnica de construção de roteiro.

Os cineastas também discutiram como mixaram a fotografia prática com a computação gráfica para criar cenas inovadoras e como a pós-produção dominou o conteúdo que é distribuído a uma audiência de mais de 25 milhões de pessoas em todas as plataformas da HBO.

A NAB Show também abriu espaço em outros painéis para falar com a equipe de Logan, no qual o público e o time de editores e produtores puderam mergulhar na dinâmica de colaboração do time para contar a história de ação do personagem Wolverine. Outro painel de destaque teve o diretor criativo John Knoll, de Rogue One: A Star Wars Story, que dividiu com a plateia do NAB Show o conceito do filme e história original de Star Wars.

Mais informações, clique neste link.