• PT
  • EN
  • ES

SET Norte 2017: Tecnologia para TV e novos modelos de workflow

Sistema híbrido que alie broadcast e broadband deve alterar as formas de produção, transmissão e operação de vídeo; o vice-presidente do Fórum SBTVD reiterou intenção de implantar IBB integrando o Ginga ao HTML 5.0 no Brasil; aplicativos como Netflix e outras OTTs serão mantidos nas SmarTVs

O painel “Tecnologia para TV e novos modelos de workflow” discutiu as tendências para produção e entrega de conteúdos audiovisuais em um mercado que caminha para sistemas híbridos de transmissão. Moderada por Henrique Camargo, a sessão contou com palestras de Aguinaldo Silva (Fórum SBTVD/ Envision), Fábio Angelini (Pinnacle Broadcast) e Erick Soares (Sony).

O vice-presidente do Fórum SBTVD e diretor de P&D da Envision, Aguinaldo Silva, apresentou as ações do Fórum SBTVD e ressaltou que o órgão estuda recuperar o Ginga como um sistema que integre broadcast e broadband. 

O executivo acredita que a discussão sobre o futuro da televisão não deve estar focada apenas no aumento da resolução e em outros avanços que enriquecem a experiência do usuário, como o HDR, a profundidade de cor ou o áudio imersivo. “São questões extremamente importantes, mas precisamos entender também a situação que vivemos. A internet cria uma nova natureza de comunicação”, afirmou.

Silva ressaltou que a implantação do IBB não restringirá aplicativos como o Netflix nas SmartTVs, respondendo a questionamento de Henrique Camargo.

“A nova demanda por multiplataformas e OTT consumidos pela internet exigem tecnologias que aliem broadcast e broadband. O Fórum vem discutindo quais são as melhores formas de fazer isso. Estamos trabalhando, em uma primeira fase, com um modelo híbrido que considere também, de maneira integrada, conteúdos broadband e broadcast. O Ginga pode acabar se tornando útil para atingir o perfil C no IBB. Seria uma forma de sincronizar conteúdos televisivos e conteúdos da WEB, diferentemente do que é hoje, em que essa relação se dá de maneira solta. A proposta que fica é repensarmos a televisão de maneira integrada e não de forma isolada”, ponderou.

Leia também: SET Norte discute switch-off analógico em Manaus

Leia também: Mercado satelital se adapta à convergência

Fábio Angelini, especialista de produtos da Pinnacle Broadcast, apresentou soluções para produção e transmissão em HD para web live streaming como as unidades móveis portáteis, ou as chamadas UMPs. “É uma solução prática, que integra a função de mesa de corte e poderia oferecer já soluções mais profissionais para transmissões via internet. Em pouco tempo, assistir TV vai estar muito mais ligado à internet do que ao modelo tradicional de broadcast. Vemos as emissoras se dividindo em esporte, jornalismo e produção trabalhando integradas para servir às diversas mídias. A internet é um caminho que devemos prestar atenção.”

Erick Soares, engenheiro de vendas da Sony, acredita que o grande desafio colocado ao mercado hoje é como produzir mais conteúdos com mais qualidade e de forma mais ágil. O executivo apresentou novas tecnologias de transmissão via streaming ou via transferência de arquivos wireless. “As novas tecnologias de banda larga nos oferecem novas possibilidades de contribuição e distribuição via broadband. Hoje, conseguimos fazer transferência de arquivos via wireless utilizando uma câmera com modem 4G transmitindo sinal em baixa resolução durante a gravação do material. Para o jornalismo, esses serviços são fundamentais. É possível já editar um material que está na nuvem em baixa resolução e devolvê-lo à câmera já editado para entregar apenas o conteúdo necessário editado em alta resolução.”

SET Norte 2017

A SET realiza nestas quarta (29) e quinta-feira (30/11) o SET Norte 2017, em Manaus. O evento chega a sua décima sétima edição com o foco no switch-over do sinal analógico no Brasil e nas transformações da indústria.

O SET Norte é um seminário sobre as principais tendências tecnológicas na área do audiovisual para a produção e distribuição de conteúdo em ambientes multimídia. É parte integrante de uma série de encontros organizados pela SET há 20 anos, em todas as regiões do Brasil (SET Sul, SET Norte, SET Centro-Oeste, SET Nordeste e SET Sudeste).

Local: Studio 5 Centro de Convenções (Av. Gen. Rodrigo Otávio, 3555 – Distrito Industrial, Manaus)

Horário: 8h30 às 18h

Data: dias 29 e 30 de novembro

Programação e inscrições, clique aqui.

Para acompanhar ao vivo, visite este link.

Fique atento: Confira os horários de início da transmissão ao vivo devido às diferenças de fuso horário