• PT
  • EN
  • ES

Melhores conteúdos a cada edição!

No intuito de entregar sempre o melhor conteúdo aos nossos associados, a Revista da SET assinou uma parceria com a Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE) para voltar a publicar alguns dos principais artigos da Sociedade, o que nos enche de orgulho e satisfação porque poderemos brindá-los com tão prestigiado conteúdo, uma ação que faz parte do contínuo esforço que a SET tem feito para posicionar nosso mercado em um patamar global.
Nesta edição, ainda mostramos como a TV por Assinatura continua gerando valor na indústria. Na ABTA 2016, a Associação apresentou um estudo de mercado que afirma que a TV paga recuou o número de assinantes no último ano, mas dobrou a audiência nos últimos três, atingindo os dois milhões de pessoas conectadas por minuto no Brasil.
Como todos os anos, começamos a cobertura dos SET Regionais com o SET Sul, este ano realizado em Porto Alegre, evento que debateu o futuro da TV no Brasil, virtualização, e integração nas emissoras. Em uma indústria broadcast cada vez mais voltada ao 4K e ao IP, a integração de softwares abertos, as novas possibilidades de transmissão de sinal e a virtualização nos fluxos de trabalho das emissoras aparecem como possíveis soluções aos produtores de conteúdo e aos radiodifusores; mudanças tecnológicas, ameaça ao espectro e desligamento do sinal analógico no país até 2018 também foram discutidos pelos mais de 200 especialistas e pesquisadores presentes no seminário realizado na capital gaúcha.
Trazemos, ainda, nesta edição, três depoimentos de prestigiados engenheiros da indústria mostrando, desde a sua perspectiva, os principais pontos da NAB 2016. José Antônio S. Garcia analisa a transição de infraestrutura de estúdios de SDI para IP, afirmando que esta transição não vai acontecer da noite para o dia, mas como deixaram claro executivos de broadcast nos debates durante a NAB, a mudança para o IP vai exercer um impacto profundo na forma como conduzem seus negócios.
Francisco Peres e Luiz Brito explicam que o ano de 2016 será histórico para a política regulatória do espectro. Nos Estados Unidos, foi iniciado um processo de leilões reversos e diretos, na faixa de UHF, parte do que ainda estava destinado para a radiodifusão. A NAB de 2016 ocorreu no meio deste processo e muito se discutiu sobre o valor do espectro, o montante que será leiloado e como as emissoras farão mais um remanejamento de canais, podendo até haver multiplexação da programação de várias emissoras em um mesmo canal.
No último dos três textos, Paulo Canno analisa os recursos wireless para telejornalismo afirmando que ano a ano nos deparamos com tecnologia pronta para ser incorporada ao workflow da emissora, como também com tendências, que podem simplesmente sair de cena já no ano seguinte, ou firmar-se nos anos subsequentes.
Finalmente, nesta edição, apresentamos as principais novidades e os principais desenvolvimentos que alguns dos mais importantes players do mercado audiovisual exibirão no SET EXPO 2016, evento que contará com mais de 400 empresas brasileiras e internacionais expondo os seus produtos à representantes da indústria broadcast latino-americana. A edição 2016 da maior Feira de broadcast & Novas Mídias da América Latina se realizará no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, em São Paulo, entre 30 de agosto e 1 de setembro de 2016.

Boa leitura!
Olímpio José Franco