• PT
  • EN
  • ES

Teoria e Prática da Cobertura de TV Digital

Teoria e Prática da Cobertura de TV Digital

O sucesso de um projeto  de implantação de um site de TV digital é proporcional à facilidade de captação e estabilidade do sinal na casa do telespectador. Do ponto de vista técnico, depende da intensidade do sinal e da relação C/N no local de recepção. Vamos discutir as ferramentas e as técnicas adotadas para se conseguir um bom projeto: confiável, robusto, de custo acessível, simples. Serão explorados os tópicos: predição, análise, medição, densidade x Intensidade, SFN e Gap Filler.

Moderador: José Frederico Rehme - Diretor da SET, Diretor da TVCI, professor da Universidade Positivo

José Frederico Rehme é Diretor de Ensino da SET, Coordenador e Professor do Curso de Engenharia Elétrica e Engenharia de Energia da Universidade Positivo e Diretor de Engenharia da TVCi.

Marcello Martins

Teoria e Prática da Cobertura de TV Digital

Evolução dos tipos de ferramentas de predição;

Diagramas em blocos/funcional, manchas de coberturas SFN e MFN;

Uso e aplicações na transmissão e recepção DTV;

‘Voando por instrumentos’ …com números atuais de frequências…

Palestrante: Marcello Martins - Diretor Executivo na iTVX do Brasil Com. e Serviços de Telecom Ltda

Graduado em Engenharia Eletrônica, com especialização em Telecomunicações (1989) e Administração de Empresas, pós Graduação com MBA pela USP/FIA com extensão na Manchester Business School/Inglaterra (2001). Especialização em Sistemas de Recepção via satélite desde 1982 e projetos de RF para Geradoras e Retransmissoras de TV Terrestre. Iniciou a sua carreira na área técnica da Rádio e TV Tupi de São Paulo/1978. Na década de 80 decidiu migrar para a vida empresarial, onde há mais de 28 anos têm atuado na Indústria, Comércio e Serviços de Engenharia de novos produtos eletrônicos para recepção digital HD. Atual Diretor Executivo na iTVX do Brasil Com. e Serviços de Telecom Ltda, empresa de projetos técnicos de Engenharia no setor de Radiodifusão e Telecomunicações desde 2008. Associado a SET/Sociedade de Engenharia de TV, desde 1986 Associado ao GESC, FEA/USP , apoio social, desde 2001 Associado Forum TV Digital ,SBTVD (2010 a 2012)

Anderson de Oliveira

Aspectos gerais de um projeto de TV Digital

Para o desenvolvimento de um projeto de implantação de TV Digital são necessárias tomadas de decisão cruciais. A primeira delas é a escolha do modelo de propagação. A modelagem se insere como elemento capaz de descrever matematicamente o comportamento da onda eletromagnética, bem como suas perdas. A partir disso, é possível estabelecer critérios de cobertura, porém são necessários parâmetros de análise da mesma, que devem ser escolhidos pelo projetista. Outro aspecto a ser discutido é a importância do cruzamento dos dados de cobertura com medidas de campo. Por fim, trataremos de rede SFN e gap-filler como solução de otimização de cobertura, com estudo de casos reais.

Palestrante: Anderson de Oliveira - Projetos de Telecom da RPC - afiliada Globo - Paraná

Engenheiro de Telecomunicações pela FURB Fundação Universitária Regional de Blumenau Conclusão - 2006, Pós Graduado em Gestão de Pessoas nas Organizações pela UNIPLAC - Universidade do Planalto Catarinense - Conclusão 2009, Pós graduando em Redes de Computadores e Serviços Convergentes na Universidade Positivo previsão de Conclusão em 2017 Trabalha há 11 anos no setor de Projetos sendo 7 anos no setor de Projetos de Telecom da RPC – Afiliada Globo no Paraná.

PauloWeb

Evolução das Predições para Aspectos Regulatórios e a Confrontação com as Medições em Campo

Analise das predições da cobertura de estações da radiodifusão utilizadas para a aprovação pela Anatel. O Sistema Mosaico. O que se deve observar (Intensidade de Campo, SNR, MER, etc) na avaliação de campo de estações de TV Digital. Como avaliar uma SFN para TV Digital.

Palestrante: Paulo Eduardo dos Reis Cardoso Doutorando / Especialista em Regulação Universidade Estadual de Campinas / Agência Nacional de Telecomunicações

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela FEEC-Unicamp (2002) e mestrado em Engenharia Elétrica (Eletrônica) pelo DEMIC-FEEC-Unicamp (2005). Atualmente é Doutorando no DECOM-FEEC-Unicamp, pesquisando TV Digital. Esta licenciado do cargo de Especialista em Regulação da Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel, onde atua na Coordenação de Outorga e Recursos à Prestação, na Gerência Regional da Anatel em São Paulo, trabalhando com o Licenciamento e Alteração de Características Técnicas das estações de Radiodifusão. Anteriormente, atuou na Fiscalização Técnica em entidades de Radiodifusão e na solução de problemas de radiointerferência em qualquer sistema de telecomunicação. Foi responsável pelo Regulamento Técnico para Emissoras de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada e pela análise de processos de viabilidade técnica para inclusão ou alteração do Plano Básico de Distribuição de Canais de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada. Participou como observador do Governo Federal nos testes de Radiodifusão Sonora Digital, tanto nos testes do padrão americano - HD Radio, em 2008 e 2012, como nos testes do padrão europeu - DRM, em 2010. Atuou como Pesquisador de Telecomunicações da Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações - CPqD.

Luiz Ricardo Tonin

Otimização de recursos para a cobertura de TV: o custo-benefício como critério para definição de parâmetros.

A escolha dos parâmetros para predição de cobertura são elementos significativos para a definição de investimentos das redes de TV, uma vez que definem altura de irradiação, potência de transmissores e modelos de antenas, com impactos diretos na viabilidade de implantação de infraestrutura e custos de operação. Demonstraremos casos reais de projetos considerando tais critérios e os resultados obtidos e que podem ser replicados para a otimização de investimentos nessa etapa de aumento da cobertura de TV Digital.

Palestrante: Luiz Ricardo Tonin - Coordenador de Projetos de Radiodifusão - SM Facilities

Luiz Ricardo Tonin é engenheiro eletricista graduado pela Universidade Positivo e possui 8 anos de experiência na área de engenharia de telecomunicações, com expertise em radiodifusão, tendo atuado em empresas de telefonia e de rádio. Atualmente é Coordenador de Projetos de Radiodifusão na SM Facilities, empresa de engenharia que presta serviços técnicos, de implantação e de construção para a área de radiodifusão e de telecomunicações. É especialista em softwares de predição e em projetos de técnicos de transmissão, participa ativamente do desenvolvimento de novas soluções visando o switch-off analógico e a migração da faixa de 700MHz.

Valderez

Do planejamento até implantação da rede: Predição de Cobertura; As Built da instalação; Medidas de sinal em campo; ajuste e conformidade legal.

As características dos canais no PBTVD atende de fato a cobertura esperada da estação?

Quais parâmetros devem ser priorizados na planejamento de cobertura da rede? Diagrama real do sistema irradiante instalado? Estudo de deformação dos diagrama de radiação por software? Medidas com drone ? E o valor de campo recebido de 51 dBuV/m -para UHF – garante disponibilidade do sinal e a não interferência? E o FEC ¾?

Como escolher a ferramenta de predição: apenas adquirir um bom software e usá-lo sem conhecer seu  modelamento interno  para setup e predição, garante a  cobertura de sua estação? O que solicitar ao fornecedor?

Qual a importância da escolha do modelo de propagação adequado para o local de fato da estação?  E do para  de dados para relevo? SRTM3 – SIGAnatel ou SRTM 1 – Mosaico?

E como realizar as medições em campo? O que medir? O que analisar?

Devo investir: Em software de predição? Em instrumental de medição? Na análise de deformação da sistema irradiante?

A importância da engenheira desde o planejamento da rede até implantação da estação e consolidação da cobertura da região desejada.

 

Palestrante: Valderez De Almeida Donzelli- Diretora – ADTHEC Engenharia e Sistemas / SET

Graduada pela FEI em engenheira eletrônica, eletrotécnica e  produção. Mestre em engenharia elétrica com defesa da dissertação “Polarização Elíptica: Influência no desempenho de cobertura da TV Digital” e doutoranda com a pesquisa  “TV Digital: Disponibilidade de Sinal”, ambos pela  Universidade Mackenzie . Possui, especialização em TI pela FESP , gestão da TIC  pela FGV e Sistema de TV Digital Avançado pelo INATEL. Diretora Técnica da  ADTHEC (www.adthec.com.br), empresa de  consultoria,  planejamento, projetos, pesquisa e análise de riscos e soluções para estações de  rádio, televisão e telecomunicações do setor público e privado, com ênfase em projeto e implantação de sistemas de transmissão digital e FM. Participa ativamente de diversos grupos de trabalho, nacionais e internacionais,  coordenados pela Anatel, Ministério das Comunicações, Universidades, Associações e Centros de Pesquisa. Iniciou suas atividades profissionais em  bioengenharia no Instituto do Coração do Hospital das Clinicas, lecionou na FAAP  e trabalhou por mais de 20 anos, em vários setores  da Fundação Padre Anchieta  (Rádio e TV Cultura de São Paulo).  Como responsável pela divisão de projetos técnicos coordenou os  projetos e planejamento da rede de TV e  Rádios, testes  e  implementação de novas tecnologias , relacionamentos com Prefeituras, Emissoras, Ministério das Comunicações e Anatel. Liderou estudos , testes e medidas dos sistemas para a implantação da TV Digital no Brasil  e do grupo de revisão de regulamento de serviços de radiodifusão de sons e imagens É atual vice diretora de ensino e membro do comite editorial  da SET, onde já atuou como diretora de relacionamento e editorial.

Milos Pavlovic

Planejamento de rede ISDB-T SFN avançado – Desafios e Oportunidades

Para que o planejamento de uma rede de transmissão seja realmente eficaz é necessário um conhecimento atualizado das últimas tendências e tecnologias. O conhecimento detalhado sobre a enorme variedade de funcionalidades de planejamento é tão importante quanto a informação sobre as próprias tecnologias. Esta apresentação fará uma introdução para projetistas e engenheiros dos requisitos necessários para a complexa tarefa de planejamento de redes de transmissões modernas, como as ISDB-T SFN.

Palestrante: Milos PAVLOVIC - Diretor de Vendas Broadcast LS telcom AG, German

Milos Pavlovic é formado em Engenharia Elétrica / Telecomunicações. pela Universidade de Belgrado. Tem mais de 10 anos de experiência na indústria de broadcast..Milos está no departamento de Vendas e Marketing da LS telcom AG desde 2012, e é responsável pelo atendimento global aos clientes.

SOLANGE S LORENZO