• PT
  • EN
Raymundo Barros

A automação vai mudar a publicidade como a conhecemos e a programação é o traço em comum. Algoritmos e puro processo digital entre anunciantes/agências e editores estão moldando novos modelos de operação para apropaganda. O uso de dados para o desenvolvimento de melhores planos de mídia, segmentação e medição de desempenho é o novo paradigma. Para explorar este novo contexto e as opções, estamos definindo a discussão deste painel trazendo a experiência de três diferentes painelistas sobre esse assunto.